PUBLICIDADE
Topo

Santos

Santos tem reunião com a WTorre e começa a discutir acordo comercial

Andres Rueda, presidente do Santos, na Vila Belmiro - PEDRO ERNESTO GUERRA AZEVEDO
Andres Rueda, presidente do Santos, na Vila Belmiro Imagem: PEDRO ERNESTO GUERRA AZEVEDO

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

03/03/2021 05h00

A diretoria do Santos se reuniu com a WTorre na última segunda-feira (1). Depois do projeto, o Peixe começa a discutir com a empresa sobre o acordo comercial para a arena.

"Tivemos uma reunião ontem com a WTorre. Eles estão terminando o projeto detalhado para ser apresentado. Vamos começar a fase de detalhar números. Com projeto, podemos opinar sobre isso ou aquilo, tirar ou colocar, para se chegar ao valor de investimento e um acordo comercial. O que será deles e nosso, investimento deles, tempo de contrato, condições, jogos a se fazer na arena e tudo mais. Fechando isso, apresentaremos ao nosso Conselho", disse o presidente Andres Rueda, à Rádio Transamérica.

"Existe um comprometimento de levar isso a uma assembleia de sócios. Será um contrato de 25 ou 30 anos. Por isso, sócio precisa se manifestar se quer ou não isso", completou.

Após o período de concessão - de 25 ou 30 anos como o presidente disse -, o estádio seria 100% do Santos. O gasto previsto para a arena é de cerca de R$ 250 milhões. O Peixe não precisaria investir nada.

Santos