Hernan: Fábio Santos se diz pai de Róger Guedes, que não se dava bem com VP

O colunista André Hernan explicou no De Primeira o contexto da troca de farpas entre Fábio Santos, ex-lateral e ídolo do Corinthians, e o técnico português Vítor Pereira.

O que aconteceu

Vítor Pereira chamou Fábio Santos de 'covarde' após críticas do ex-lateral do Corinthians. O jogador disse que o treinador era horrível como gestor e acrescentou que ouvia muitas reclamações dos colegas em relação a VP.

Hernán contou que Fábio Santos é muito próximo de Róger Guedes, com quem Vítor Pereira teve embates públicos. A proximidade é tamanha que o ex-lateral costuma chamar o atacante de "filho".

Fábio Santos e outros jogadores mais experientes do Corinthians pediam para Róger Guedes "segurar a onda" diante das "provocações" de Vítor Pereira, segundo Hernan. Ele lembrou que VP queria rejuvenescer o elenco do Timão e também teve atritos com atletas que estavam há muito tempo no clube.

Vítor Pereira teve uma passagem de altos e baixos pelo Corinthians — marcada por bons resultados e também por conflitos internos, declarações polêmicas e pelo "caso da sogra" na saída do clube.

O que disse André Hernan

O Vítor Pereira queria molecada, rejuvenescer o elenco, e o Duílio [Monteiro Alves, ex-presidente do Corinthians] era fechado com esses caras, os principais jogadores do elenco. E o time se classificando para a Libertadores, quase batendo campeão da Copa do Brasil, dentro de campo, tinha resultado. Fora de campo, havia vários focos de confusão.

O Fábio Santos era o pai do Róger Guedes, ele chama o Róger Guedes de filho, e o Róger Guedes a todo momento era provocado, entre aspas, pelo Vítor Pereira para retirar ele do time. Tanto que criou-se, várias vezes em entrevistas coletivas, quase que um embate entre Róger Guedes e Vítor Pereira. O Róger Guedes segurava um pouco a onda, a pedido dos líderes — 'segura a onda, não responde, fica na tua'.

O próprio Róger Guedes postava nos stories do Instagram os números dele para responder o que era falado em coletiva pelo Vítor Pereira, negócio de entrega de treinamento para ganhar vaga no time titular. Então, não era um ambiente saudável e agora você vê essa troca de farpas pública. O cara não está mais no Corinthians, e o Fábio Santos hoje é um jogador aposentado. André Hernan

Continua após a publicidade

Assista ao De Primeira na íntegra

Deixe seu comentário

Só para assinantes