Girona vence Barcelona, passa o Real e assume a liderança do Espanhol

O Girona venceu o Barcelona por 4 a 2 em uma excelente exibição na noite de hoje (10), pela 15ª rodada do Campeonato Espanhol, e assumiu a liderança da competição.

Os gols foram marcados por Dovbyk, Miguel, Valeri e Stuani, para os visitantes, e Lewandowski e Gundogan para o Barça.

Com o resultado, o Girona vai a 41 pontos, dois à frente do Real, e chega ao primeiro lugar de La Liga. Com 34 pontos, o time de Xavi é o quarto colocado.

O Barça volta a campo na quarta-feira (13), às 17h, quando visita o Royal Antwerp pelo Grupo H da Champions League, já com sua vaga assegurada nas oitavas.

Pelo Espanhol, o Girona recebe o Alavés no dia 18 (segunda-feira), às 17h.

Como foi o jogo

Jogo aberto em Barcelona: o Girona começou melhor, criou duas chances logo nos minutos iniciais. Depois, o Barcelona levou perigo em uma jogada de Gundogan, afastada após perigoso bate e rebate na área. Ambos os lados buscavam o jogo.

Girona abre o placar: aos 12, Yan Couto fez ótimo passe em profundidade, Tsygankov recebeu pela direita, carregou e cruzou rasteiro. No segundo pau, Dovbyk apenas empurrou para o fundo do gol.

Gazzaniga salva: Raphinha recebeu cruzamento na área, sozinho, e finalizou para grande defesa do goleiro do Girona.

Continua após a publicidade

Empate aos 18: no lance seguinte, Raphinha cobrou escanteio colocado pela direita, e Lewandowski subiu para cabecear com firmeza e empatar o jogo.

Perde Miguel: aos 39 minutos, após boa jogada pela esquerda, o camisa 3 recebeu na grande área com tempo de dominar e pensar, mas chutou para fora, ao lado da trave.

Ele se redimiu: no minuto seguinte, Miguel recebeu pela meia esquerda, tirou com facilidade da marcação e, da entrada da área, chutou de bico para vencer Peña. Um belo gol do ala do Girona.

Mais morno, o segundo tempo teve o Barcelona à frente, buscando o empate e sofrendo para encaixar uma chance clara, que demorou a ocorrer: aos 23, Gundogan recebeu na grande área, ajeitou o corpo e chutou colocado, mas desperdiçou.

Barça enrola, Girona fecha a conta: aos 30, Stuani recebeu lançamento perto da área e escorou para o meio, onde Valeri dominou, driblou Koundé e, frente a frente com Peña, chutou no canto para marcar o terceiro.

Barça diminui nos acréscimos: aos 46, Gundogan foi acionado por Yamal na grande área, dominou virando para o gol e finalizou com categoria para marcar o segundo gol barcelonista.

Continua após a publicidade

Girona sela a vitória: no último minuto, após contra-ataque dos visitantes, Stuani recebeu cruzamento pela direita e, sozinho, finalizou para o fundo do gol.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes