Scarpa, Gabigol, Claudinho? Inter escolhe presidente em meio a promessas

O Inter irá escolher hoje (9) o presidente do clube para os próximos três anos. Alessandro Barcellos, atual mandatário, concorre à reeleição contra Roberto Melo, nome de oposição.

Promessas de peso

O período eleitoral foi marcado por promessas de peso dos dois lados. Tanto Barcellos quanto Melo se movimentaram por reforços que esperam contratar tão logo sejam eleitos.

O atual presidente apostou em Gustavo Scarpa, que está emprestado ao Olympiacos (GRE), e também tem conversas para fechar com Bruno Rodrigues, que tem empréstimo no fim com o Cruzeiro.

Já a oposição empilhou nomes que garante ter feito contato, casos de Everton Ribeiro e Gabigol (Flamengo), Claudinho (Zenit-RUS) e Borré (emprestado ao Werder Bremem-ALE).

Magrão, D'Alessandro e Abel Braga

Barcellos conta com a permanência do ex-volante Magrão no cargo de gerente esportivo. Além disso, espera manter o argentino Gustavo Grossi no comando das categorias de base.

Melo anunciou Abel Braga para ser diretor técnico em caso de sua eleição, junto com D'Alessandro como gerente de futebol. Nomes como Alex e Iarley são cotados para trabalhar nas categorias de base.

Coudet fica?

Eduardo Coudet é pretendido pelas duas chapas, que já conversaram com ele para renovação de contrato de olho na temporada que vem.

Continua após a publicidade

O treinador também é alvo do Racing, da Argentina, e só vai conversar sobre sua sequência no Inter após a eleição.

Disputa de bilionários

A eleição do Inter também está marcada por uma disputa entre bilionários que se colocaram à disposição de auxiliar o clube com investimentos.

Junto a Alessandro Barcellos está Elusmar Maggi, sócio do grupo Bom Futuro e empresário do agronegócio.

Com Roberto Mello está Delcir Sonda, dono da rede Sonda de supermercados, uma das maiores do país.

Serviço

São 58.629 sócios aptos a voto. É possível participar do pleito pela internet ou presencialmente, no Gigantinho, ginásio no Complexo Beira-Rio.

Continua após a publicidade

A votação ocorre entre as 9h (de Brasília) e as 17h (de Brasília). Depois do encerramento, o Gigantinho será aberto ao público para acompanhamento da contagem de votos.

O resultado será divulgado na noite de hoje. O eleito, junto a seu Conselho de Gestão, comandará o Colorado no triênio 2024/2025/2026.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes