Flamengo fecha ano de fracassos e inicia encontros para reorganizar a casa

"O jogo foi um pouco do que vivemos no ano", definiu Everton Ribeiro após a derrota do Flamengo na última rodada do Brasileirão. Em temporada desgastante, como o elenco define, o clube vai começar os encontros para reorganizar a equipe pensando em 2024.

O que aconteceu

A diretoria vai se reunir com a comissão nos próximos dias para projetar a temporada do ano que vem. Tite não quis fazer planos enquanto o Brasileirão não terminasse. A estrutura do futebol não vai mudar.

O grupo vai tratar de reforços e renovações. Atualmente, nomes como De La Cruz e Léo Ortiz estão certos no radar, mas outros vão surgir. O Fla vai definir mais saídas além das de Filipe Luís e Rodrigo Caio.

Everton Ribeiro voltará a negociar o novo contrato. O Flamengo oferece um ano, enquanto o jogador tenta assinar por mais dois. As conversas pararam na reta final, mas vão voltar. É o mesmo caso de Gabigol, com vínculo até o fim de 2024 e que chegou a encaminhar a extensão.

A prioridade é por tudo que já vivi aqui. Deixamos para conversar agora. Não tem nada apalavrado, nada negociado ainda. Mas sempre tivemos bom relacionamento e espero que a gente possa conversar e que se resolva. Ciclos vão e vem, é natural do futebol, mas espero que possa terminar da melhor maneira possível. Agora é conversar, eu me incluo porque foi um ano muito desgastante para todos. Independentemente de eu ficar ou não, o Flamengo é maior que todos e precisa voltar a vencer.

Everton Ribeiro

Tite fez as primeiras avaliações sobre o que foi positivo ou negativo. O treinador exaltou a recuperação do time desde a sua chegada, mas reforçou algumas atuações ruins e jogos com muitos gols sofridos, como contra Grêmio e Atlético-MG.

O treinador preferiu não expor o que deve ser corrigido. Os jogadores, por outro lado, justificaram os sete títulos perdidos com trocas constantes de treinador e também puxaram a responsabilidade para o elenco.

Continua após a publicidade

O principal é dentro de campo. Nós entramos, fazemos e levamos os gols. Muita coisa que pode se resolver acontece dentro de campo. Sabemos que foi um ano decepcionante. A torcida esperava muito, como nós. Não conseguimos nenhum título, oscilamos muito. Não era o nível que a gente pretendia e nem que o torcedor merece.

Everton Ribeiro

Chegada de Tite e férias

O Flamengo reconhece como importante movimento ao antecipar a chegada de Tite. O treinador não trabalharia até 2024, mas aceitou assumir a equipe antes.

O técnico acaba o ano sem repetir escalações, mas dá caminhos para a próxima temporada. A estrutura do meio para frente praticamente não se alterou. Os laterais foram os que mais se alternaram.

Tite também quer usar os mais novos. Os jogadores da base tiveram pouco espaço nos últimos meses, mas podem aproveitar o início de temporada para ganhar atenção.

Continua após a publicidade

O Flamengo deve estrear no Carioca com os titulares em Manaus, mas viaja para os Estados Unidos em seguida para a pré-temporada. Um time alternativo deve ter espaço, como aconteceu nos últimos anos.

O Flamengo vai traçar o planejamento agora, sou um cara que vou sair de férias e esquecer um pouco tudo que passei. Foi uma temporada longa, muitos jogos, estou muito desgastado física e mentalmente. Estou feliz aqui. Foi uma temporada coletivamente péssima, mas individualmente foi meu ano com mais jogos. No Flamengo é difícil ter essa constância.

Fabrício Bruno

Canal do Flamengo no WhatsApp

Quer saber tudo o que rola com o Flamengo sem precisar se mexer? Conheça e siga o novo canal do UOL dedicado ao time no WhatsApp.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes