'No va a bajar': como família Díaz fez Vasco chegar vivo na última rodada

Ramón Díaz e seu filho e auxiliar, Emiliano, pegaram o Vasco na 19ª colocação, e chegam agora, no decisivo jogo contra o Red Bull Bragantino de hoje (6), pela última rodada do Brasileiro, fora da zona de rebaixamento e dependendo apenas de si para seguir na Série A.

"Vasco no va a bajar"

A principal virtude da família é o mérito de ter conseguido retomar a confiança do elenco, até então afundado na zona de rebaixamento e tendo que conviver com o histórico pesado de outras quedas do clube.

Dentro deste contexto, Ramón utilizou uma frase que tornou-se um mantra: "Vasco no va bajar, hagan lo que hagan" [Vasco não vai cair, façam o que façam], proferida pela primeira vez no dia 3 de setembro, após o empate em 1 a 1 com o Bahia, quando o time já esboçava uma reação.

Naquela ocasião, o Vasco ainda estava punido pela Justiça com a interdição de São Januário, e o técnico decidiu adotar um espírito de "contra tudo e contra todos".

Ramón Díaz repetiu a frase mais recentemente, após o empate em 0 a 0 com o Athletico-PR. O "no va a bajar" também caiu nas graças da torcida e virou até tema de produtos vendidos nos arredores de São Januário.

Ramón também sempre procurou não individualizar as falhas e defender seus jogadores nos momentos difíceis, o que foi visto como positivo pelos jogadores.

Ao mesmo tempo, freou um "oba-oba" nas vitórias em que o time não foi bem em campo, fazendo questão de deixar isso claro e realizando cobranças ainda no vestiário após esses jogos. A avaliação interna é de que isso fez o time se manter ligado na campanha de recuperação.

Emiliano, por sua vez, é visto como um profissional com dom de inflamar os jogadores com seus discursos antes das partidas. O auxiliar também tem o olhar mais tático da comissão, e costuma passar instruções individuais neste sentido. Outra qualidade apontada a ele é o relacionamento mais próximo com os atletas.

Emiliano também mexeu com os brios de jogadores e torcida ao adotar o rap "Acredita", de MC Paulin da Capital: "E quando te falarem que você não vai vencer, pode ter certeza que isso tudo é mentira. Deposite a fé no Poderoso pra tu ver, que ele orienta e abençoa a tua vida".

Continua após a publicidade

O olhar de Ramón e Emiliano nos reforços que chegaram na segunda janela são outros pontos vistos como primordiais, principalmente o artilheiro Vegetti, o meia Paulinho.

Os Díaz continuam em 2024?

O contrato de Ramón Díaz e sua comissão técnica se encerra ao fim desta temporada. Independentemente da permanência ou não, o trabalho já é avaliado como positivo.

A diretoria tem o interesse em renová-lo, mas só iniciará as conversas após a definição da situação do Vasco na Série A na rodada de hoje (6).

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora