Tite não assiste aos jogos da seleção e usa Corinthians para curar ferida

A disputa do título do Brasileiro pelo Flamengo, que hoje (29) encara o Atlético-MG, toma o tempo de Tite. Mas nem que sobrassem minutos, o treinador acompanharia a seleção brasileira. Longe do comando desde o fim d e 2022, ele cura as feridas deixadas pelas Copas do Mundo com um exemplo do Corinthians.

O que aconteceu

Miro Bachi, irmão de Tite, contou ao UOL que o treinador evita acompanhar a seleção brasileira. Ele não vê os jogos, por mais que garanta que superou qualquer trauma sobre a saída.

A razão para o recolhimento é não provocar recordações traumáticas que possam interferir no dia a dia do treinador.

Segundo o irmão, a família sofreu mais do que o próprio Tite com tudo o que houve nos Mundiais da Rússia e do Qatar, quando o Brasil caiu para Bélgica e Croácia, respectivamente.

Tite costuma dizer que "o futebol te dá e te tira", escorado em um exemplo ocorrido no jogo entre Corinthians e Chelsea, no Mundial de Clubes de 2012, quando o Timão ergueu a taça.

Ele procura não ver jogos da seleção. Eu também não vejo. Somos humanos e dói. É uma ferida enorme. Mas o Tite é muito preparado, até espiritualmente. Eu falo que a família sentiu mais do que ele tudo isso. Ele costuma dizer que o futebol te dá e te tira. A Croácia chutou uma bola em gol e se classificou. Mas ele sempre lembra que lá contra o Chelsea, o Fernando Torres fez um gol aos 90 minutos e o bandeirinha conseguiu ver o impedimento e anular. Ali o futebol nos deu, depois tirou. Se vence jogos sem ser merecido, e uma hora se perde quando não se merecia

Miro Bachi, irmão de Tite

Empolgação com o Flamengo

Afastado de lembranças que possam fazer mal, Tite está se reconstruindo no Flamengo O novo trabalho empolga mais o técnico a cada dia.

Continua após a publicidade

Em contato com o irmão, Tite concordava que o time reencontrou sua vibração, está unido e vai encontrando sua essência pouco a pouco.

Matheus, auxiliar técnico e filho de Tite, ouviu de Miro que 'só vale gol bonito' no Flamengo, em alusão aos marcados pelo time. E respondeu: 'até agora não houve nenhum mais ou menos'.

A arrancada do Fla de Tite conta com cinco jogos de invencibilidade, sendo com quatro vitórias. Ao todo são seis triunfos, um empate e duas derrotas.

O que eu vejo de fora é que o Flamengo recuperou sua vibração, hoje se olha o Flamengo e se percebe muito mais o "nós" do que o "eu". E tudo que falei com o Tite sobre isso, ele concordava. Disse que olhou para o banco na comemoração e todos estavam juntos. É normal um ou outro não gostar do trabalho, não tem como agradar todo mundo, mas ele também nota que este espírito está voltando ao Flamengo

Miro Bachi

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes