Corinthians empata no fim com lanterna América e sofre pressão em Itaquera

O Corinthians suou, mas buscou um empate por 1 a 1 contra o América-MG na noite de hoje (22), pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Timão saiu atrás no placar no primeiro tempo e só conseguiu igualar o placar no último lance da partida.

Benítez colocou o América-MG na frente durante o primeiro tempo, mas Giuliano deixou tudo igual na etapa final..

A torcida do Corinthians protestou e ameaçou os jogadores durante o intervalo e no término da partida em Itaquera. "Ou joga por amor, ou joga por terror, filho da p..." e "Ei, você aí, acabo com a sua vida se o Coringão cair" foram os gritos entoados.

Com o empate, o Corinthians chegou aos 33 pontos na tabela do Brasileirão, três acima do Vasco, primeiro time dentro do Z4, e ocupa o 15° lugar.

O América-MG, por sua vez, chegou aos 19 pontos, mas se manteve lanterna da competição.

O Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira (25), às 21h30 (de Brasília), quando enfrenta o Cuiabá, fora de casa. No mesmo dia, às 19h, o América-MG visita o Athletico-PR, também como visitante. Os dois jogos serão válidos pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Como foi o jogo

O primeiro tempo começou com pressão intensa do Corinthians. Jogando em casa, o Timão subiu as linhas de marcação e não deixou o América-MG sair jogando, ainda que não tenha conseguido criar muitas chances.

Durante a metade da etapa inicial, o América-MG conseguiu encaixar a marcação, controlou a bola quando a teve e esfriou o ímpeto do Corinthians. A partida ficou truncada no setor de meio de campo e ainda mais sem chances de gol.

Continua após a publicidade

Na reta final do primeiro tempo, o América-MG encontrou os atalhos para os contra-ataques. Martinez foi o principal articulador da equipe nas jogadas ofensivas e foi quem criou espaço para que o Coelho conseguisse abrir o placar na Neo Química Arena. Aparentemente nervoso, o Corinthians terminou a etapa inicial errando muito.

Martín Benítez, do América-MG, comemora gol marcado contra o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro
Martín Benítez, do América-MG, comemora gol marcado contra o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro Imagem: Fabio Giannelli/AGIF

As entradas de Matías Rojas e Fábio Santos nas vagas de Ruan Oliveira e Matheus Bidu não causaram impacto imediato no desempenho do Corinthians no começo do segundo tempo. Sem muitas soluções, o Timão encontrou dificuldades para furar o bloqueio defensivo do América-MG.

Com pouca criatividade, o Corinthians quase não assustou o goleiro Jori na busca pelo empate em Itaquera. Bem fechado, o América-MG continuou perigoso nos contra-ataques, mas parou em Cássio, não conseguindo ampliar o placar.

Os minutos finais foram de tensão na Neo Química Arena. Retraído, o América-MG chamou o Corinthians de vez para o ataque. O Timão abusou das bolas alçadas na área e teve algumas chances claras, mas que não mudaram o placar por erros nas finalizações de seus atacantes.

O abafa do Corinthians deu resultado no último lance do jogo. Apesar da comemoração eufórica no gol, a torcida não deixou de protestar ao apito final do árbitro.

Continua após a publicidade

Lances importantes e gols

Quase o primeiro! - Fagner recebeu de Renato Augusto e, de cabeça, serviu Gabriel Moscardo, que invidia a área. O camisa 44 dominou e finalizou cruzado, mas mandou a bola rente à trave direita de Jori.

Jori segura firme - Aos 34 minutos do primeiro tempo, Ruan Oliveira tabelou com Renato Augusto e recebeu com espaço. Da entrada da área, o camisa 33 arriscou chute forte, mas no meio do gol, facilitando a defesa de Jori.

1 x 0 - O América-MG saiu na frente em Itaquera com gol de Martín Benítez. Martínez criou espaço pelo meio e serviu Rodriguinho. O lateral encontrou Benítez livre na entrada da área. O argentino bateu firme, cruzado, contou com desvio de Lucas Veríssimo e viu a bola morrer no canto direito de Cássio.

Tirou tinta! - Em cobrança de falta na meia-lua, Benítez bateu colocado, buscando o canto direito alto de Cássio. A bola passou muito próxima do travessão e saiu pela linha de fundo.

Por cima do gol - Após sobra de bola na entrada da área, Giuliano apareceu livre, de frente, para soltar a bomba. A bola passou por cima do gol, assustando o goleiro Jori.

Continua após a publicidade

Cássio! - Em lance rápido pelo lado direito, Rodriguinho levou para o meio e finalizou com a perna esquerda. O chute quente foi espalmado por Cássio, que colocou a bola pela linha de fundo.

Ele de novo - Marlon apareceu de surpresa nas costas da defesa do Corinthians e completou cruzamento rasteiro com chute firme, cruzado. Cássio, bem posicionado, espalmou e evitou o segundo gol do Coelho.

Na rede pelo lado de fora - Lançado, Juninho dividiu a bola com Cássio, que conseguiu cortar com a cabeça. Na sobra, Cazares, sem goleiro, tentou mandar para o gol, mas viu a bola bater na rede pelo lado de fora.

Errou o cabeceio - Aposta de Mano para as bolas aéreas, Felipe Augusto teve uma chance clara no final do jogo. Ele apareceu livre no meio dos zagueiros e recebeu cruzamento, mas tirou demais de Jori e mandou a bola para fora.

Muito perto! - No abafa dos minutos finais, Yuri Alberto completou cruzamento de escanteio de Matías Rojas, mas mandou a bola tirando tinta da trave direita de Jori.

1 x 1 - O Corinthians buscou o empate no minuto final em Itaquera. Fagner recebeu pela direita e cruzou na área. Gil ajeitou, e Giuliano apareceu no meio da defesa e mandou para o gol, deixando tudo igual.

Continua após a publicidade

FICHA TÉCNICA
Corinthians 1 x 1 América-MG

Data: 22/10/2023 (domingo)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Competição: 28ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2023
Local: Neo Química Arena, em São Paulo-SP
Árbitro: Yuri Elino Ferreira da Cruz (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa (RJ) e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ)
VAR: Wagner Reway (PB)
Cartões amarelos: Fagner, Wesley (COR), Ricardo Silva, Burgos, Rodriguinho (AMG)
Cartões vermelhos: -
Gols: Benítez (37'/1°T), Giuliano (53'/2°T)

Corinthians: Cássio; Fagner, Gil, Lucas Veríssimo e Matheus Bidu (Fabio Santos); Gabriel Moscardo (Giuliano), Fausto Vera, Ruan Oliveira (Matías Rojas) e Renato Augusto (Wesley); Pedro (Felipe Augusto) e Yuri Alberto. Técnico: Mano Menezes

América-MG: Jori; Rodriguinho, Ricardo Silva, Iago Maidana, Danilo Avelar e Marlon (Éder); Martínez (Breno), Juninho e Benítez (Cazares); Felipe Azevedo (Alê) e Mastriani (Wellington Paulista). Técnico: Fabián Bustos

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes