Inter vira, Flu empata e vaga na final fica aberta após jogo eletrizante

No Maracanã lotado, Fluminense e Internacional protagonizaram um jogão com cara de Libertadores hoje (27) e empataram por 2 a 2 pela ida das semifinais da competição. O Flu abriu o placar, o Colorado virou, mas os donos da casa conseguiram igualar tudo.

Cano fez os dois gols do Fluminense, enquanto Hugo Mallo e Alan Patrick marcaram pelo Internacional. O clube gaúcho contou com um jogador a mais por todo o segundo tempo e chegou a ter dois gols anulados.

O decisivo confronto entre os clubes acontecerá na próxima quarta-feira (4), também às 21h30 (de Brasília), no Beira-Rio. Quem avançar, fará a grande final contra o vencedor de Palmeiras e Boca Juniors, que disputam o primeiro jogo da semifinal amanhã (28).

Antes do próximo encontro, porém, Inter e Flu voltam a campo pelo Brasileirão, neste sábado (30). O Tricolor das Laranjeiras enfrenta o Cuiabá na Arena Pantanal, enquanto o Colorado, em casa, encara o Atlético-MG.

Como foi o jogo

Começou lá e cá. O Inter levou mais perigo no ataque aproveitando a linha alta do Flu, inicialmente. A equipe de Diniz apostava nos contragolpes, e assim abriram o placar com apenas nove minutos de jogo com Cano. Fábio e Rochet trabalharam bastante para manter o placar um pouco mais modesto na primeira etapa.

Emoção até os acréscimos da etapa inicial: teve expulsão no Flu e empate do Inter na sequência. Samuel Xavier levou o segundo cartão amarelo - resultando no vermelho - após entrada em Valencia. Depois, os visitantes igualaram o marcador em jogada feita justamente pelo lado do lateral tricolor que foi expulso. De cabeça, Mallo deixou tudo igual.

Cano celebra gol pelo Fluminense contra o Internacional na Libertadores
Cano celebra gol pelo Fluminense contra o Internacional na Libertadores Imagem: MARCELO GONCALVES / FLUMINENSE

A equipe de Diniz não fechou a casinha e viu o Inter virar o jogo. Coudet seguiu orientando a equipe para pressionar e se aproveitar da vantagem numérica. Após marcar com Alan Patrick, o time não conseguiu segurar a vantagem e viu o Flu vir para cima.

Continua após a publicidade

Segundo tempo seguiu agitado e Flu não se abateu mesmo com um a menos. Os times disputavam bastante para ter a bola, mas estavam ainda mais dispostos a balançar a rede - e tiveram incontáveis chances. Em nova reviravolta, os mandantes conseguiram o empate e jogaram um balde de água fria no Inter.

Gols e melhores momentos

Rochet e Fábio salvam a pátria em lances parecidos. Primeiro, Keno deu bela arrancada, invadiu a área e chutou cruzado para o goleiro do Inter espalmar para fora. Em seguida, foi a vez de Valencia receber, finalizar e ser parado por boa intervenção do camisa 1 tricolor.

1x0: Cano abriu o placar para o Flu. Inter saiu jogando errado e a bola sobrou para Arias, que pegou a defesa adversária aberta. O colombiano achou John Kennedy na área, que prontamente passou para Cano; livre, o argentino finalizou na saída de Rochet.

Primeiro gol anulado do Inter. Valencia recebeu sozinho na cara do gol e driblou Fábio, ao melhor estilo Ronaldo Fenômeno, antes de estufar as redes. No entanto, o árbitro assinalou impedimento do atacante equatoriano.

Enner Valencia, do Internacional, dribla Fábio, do Fluminense, durante jogo da Libertadores
Enner Valencia, do Internacional, dribla Fábio, do Fluminense, durante jogo da Libertadores Imagem: Buda Mendes/Getty Images
Continua após a publicidade

Felipe Melo entregou a rapadura, mas Inter não aproveitou. Pressionado em sua área, o volante foi sair jogando e acabou pisando na bola. Valencia pegou a sobra, mas tocou fraco para Alan Patrick. Ganso, com estilo, recuperou a bola e afastou.

1x1: Inter empatou em jogada de um lateral para o outro. Renê recebeu na esquerda e cruzou para Hugo Mallo, que desviou de cabeça para o fundo das redes. O árbitro chegou a marcar impedimento, mas o gol foi confirmado após revisão do VAR.

Colorado teve outro gol invalidado. Mercado recebeu cruzamento de Mallo e cabeceou para o gol, mas a bola resvalou no braço do zagueiro antes de entrar.

Agora sim: Inter virou o jogo com golaço. Valencia recebe a bola, após boa jogada de Maurício, e apenas ajeita para Alan Patrick, que dominou e encheu o pé no canto.

Alan Patrick, do Inter, celebra gol marcado sobre o Fluminense em confronto da Libertadores
Alan Patrick, do Inter, celebra gol marcado sobre o Fluminense em confronto da Libertadores Imagem: Buda Mendes/Getty Images

2x2: Cano fez o L de novo! Arias cobrou escanteio na cabeça de Nino, que mirou o gol e acabou achando Cano, que se antecipou e finalizou de primeira para empatar o duelo.

Continua após a publicidade

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 2 x 2 INTERNACIONAL

Competição: Jogo de ida das semifinais da Copa Libertadores
Data e horário: 27 de setembro de 2023, às 21h30 (de Brasília)
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Público: 67.515
Árbitro: Darío Herrera (ARG)
Assistentes: Juan Belatti (ARG) e Diego Bonfá (ARG)
VAR: Mauro Vigliano (ARG)
Cartões amarelos: Alexsander (Flu); Johnny e Lucca (Inter)
Cartões vermelhos: Samuel Xavier (Flu)
Gols: Cano (aos 9' do primeiro tempo e aos 32' do 2º tempo), Hugo Mallo (aos 49 minutos do 1º tempo) e Alan Patrick (aos 18 minutos do 2º tempo)

Fluminense: Fábio; Samuel Xavier, Nino, Felipe Melo (Marlon) e Marcelo; André, Ganso (Alexsander) e Arias; John Kennedy (Guga), Keno (Lima) e Cano. Técnico: Fernando Diniz.

Internacional: Rochet; Hugo Mallo, Vitão (Igor Gomes), G. Mercado e Renê; Johnny (Rômulo), Aránguiz (Bruno Henrique), Mauricio (Dalbert) e Alan Patrick (Lucca); Wanderson e Enner Valencia. Técnico: Eduardo Coudet.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes