Topo

Brasileirão - 2023

Grêmio vence São Paulo de virada e entra no G4 do Brasileirão

João Victor Miranda

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/06/2023 18h02

Classificação e Jogos

O Grêmio recebeu o São Paulo hoje (4) pelo Campeonato Brasileiro e venceu por 2 a 1, de virada.

O que aconteceu

Calleri abriu o placar para o São Paulo, mas Cristaldo e Reinaldo - fazendo valer a lei do ex - viraram o jogo. Todos os gols foram no primeiro tempo.

Grêmio no G-4. Com o triunfo, o Grêmio foi a 17 pontos e assumiu a terceira colocação. Como só o Palmeiras pode ultrapassar o time gaúcho, a posição entre os quatro mais bem colocados está garantida.

O São Paulo, que começou a rodada em terceiro, agora é o sétimo. O time paulista soma 15 pontos.

O próximo compromisso do Grêmio é contra o Flamengo, pelo Brasileirão. As equipes se enfrentam no domingo (11), no Maracanã.

O São Paulo volta a campo na próxima quinta-feira (8), quando encara o Deportes Tolima (COL), pela Copa Sul-americana.

Como foi o jogo

Grêmio começa melhor, mas São Paulo abre o placar. Em casa, o Grêmio se impôs nos primeiros minutos e buscou mais o ataque, tentando construir jogadas pelas pontas. No entanto, em um lance de contra-ataque, os paulistas mostraram eficiência e abriram o placar na primeira chance clara.

Pressão e virada. O Grêmio não sentiu o gol. Tanto que três minutos depois de levar o gol, obrigou Rafael a fazer duas grandes defesas. No fim, de tanto insistir, os gaúchos empataram, de pênalti, e viraram após falha do goleiro são-paulino.

São Paulo melhora e equilibra o jogo. No segundo tempo, os visitantes voltaram melhor. Não a ponto de dominar o Grêmio, mas o suficiente para deixar a partida igual. No melhor lance ofensivo da etapa complementar, Rodriguinho acertou o travessão gremista.

Lances importantes:

0 x 1: Aos 14 minutos, Caio Paulista recuperou bola no campo de defesa e avançou com liberdade. Ele lançou Calleri na área. O argentino tocou de cabeça no contrapé do goleiro e viu a redonda entrar devagar, no cantinho.

Rafael evita o empate! Sem se abater, o Grêmio quase empatou aos 17. Primeiro, Suárez completou lançamento de Villasanti e Rafael espalmou para escanteio. Após a cobrança, Kannemann cabeceou forte, no chão, e o goleiro são-paulino fez uma linda defesa.

1 x 1: Aos 28 minutos, Cristaldo bateu forte da entrada da área e a bola bateu no braço de Alan Franco. O árbitro marcou pênalti. O próprio Cristaldo cobrou forte, no canto, para superar Rafael e deixar tudo igual.

2 x 1: Aos 38 minutos, Suárez recebeu perto da área, ameaçou chutar e tocou para Reinaldo, que invadia a área pela esquerda. O lateral bateu rasteiro, forte. Mesmo inteiro no lance, Rafael não segurou e a bola entrou por baixo de suas pernas.

No travessão! Aos 10 minutos, Michel Araujo avançou com liberdade e cruzou para Rodriguinho. Ele recebeu na área, dominou e soltou uma bomba. A bola explodiu no travessão.

Salva Arboleda! No lance seguinte, Suárez deu lindo lançamento para Cristaldo, que dominou e bateu na saída de Rafael. Arboleda desviou para escanteio.

Quase Luciano! Aos 46 minutos, Marcos Paulo deu lindo passe para Luciano. Na área, o atacante são-paulino tocou rasteiro para o gol, mas a bola foi para fora por muito pouco.

FICHA TÉCNICA
Grêmio 2 x 1 São Paulo

Data: 4/6/2023 (sábado)
Horário: 16h (de Brasília)
Competição: 9ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio.
Assistentes: Bruno Raphael Pires e Leone Carvalho Rocha.
VAR: Rodrigo D'Alonso Ferreira.
Cartões amarelos: Reinaldo e Milla (GRE); Alan Franco (SPA)
Gols: Calleri, aos 14, Cristaldo, aos 30, e Reinaldo, aos 38 minutos do primeiro tempo.

Grêmio: Gabriel Chapecó; Bruno Uvini, Bruno Alves e Kannemann; Fábio (João Pedro), Villasanti, Carballo (Milla), Reinaldo, Bitello (Diogo Barbosa) e Cristaldo (Everton Galdino); Suárez (Vina). Técnico: Renato Portaluppi.

São Paulo: Rafael; Alan Franco (David), Arboleda e Beraldo; Caio Paulista, Pablo Maia, Alisson (Luciano), Raí Ramos (Rodriguinho), Wellington Rato (Nathan) e Michel Araujo (Marcos Paulo); Calleri. Técnico: Dorival Júnior