PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Brasil x Bélgica faz 4 anos, e torcida ainda lamenta chute de R. Augusto

Renato Augusto em ação diante da Bélgica, pelas quartas de final da Copa do Mundo de 2018, na Rússia - Etsuo Hara/Getty
Renato Augusto em ação diante da Bélgica, pelas quartas de final da Copa do Mundo de 2018, na Rússia Imagem: Etsuo Hara/Getty

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

06/07/2022 13h43

A derrota do Brasil por 2 a 1 para a Bélgica, nas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia, completa quatro anos hoje (6) e ainda atormenta o imaginário de torcedores brasileiros. Nas redes sociais, diversos internautas relembraram a partida e lamentaram, principalmente, o chute de Renato Augusto que passou rente à trave nos minutos finais.

"Se aquele chute do Renato Augusto em 2018 na Copa tivesse entrado", comentou um torcedor. "Um pouco mais para a direita e Renato Augusto vira herói nacional", escreveu outro. Aos quase 35 minutos da etapa final e com os belgas vencendo por 2 a 1, o então camisa 8 canarinho empataria o placar, o que poderia mudar os rumos do duelo.

Aquele, inclusive, seria o segundo gol do corintiano na partida. Mais internautas também compartilharam suas lembranças nada positivas com a data, que acabou com o sonho da conquistado hexacampeonato na época.

"Ainda dói", relembrou um usuário do Twitter. "4 anos atrás o Brasil perdeu pra Bélgica e eu ainda não superei essa eliminação", acrescentou. "O tanto que o Brasil amassou a Bélgica nesse jogo não tá escrito", completou mais um.

Teve também quem voltou a culpar Fernandinho como o "responsável" pela queda precoce do Brasil na competição. O ex-jogador do Manchester City e hoje no Athletico-PR marcou o gol contra que abriu o placar da partida e não conseguiu se encontrar em campo.

Outros internautas preferiram destacar a grande exibição do goleiro belga Courtois, que impediu diversas oportunidades de gol da seleção brasileira. De acordo com dados do 'Sofa Score', o arqueiro do Real Madrid fez nove defesas no confronto. Ao todo, o Brasil deu 27 chutes, diante de nove na Bélgica.

Confira reações:

Futebol