PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Fred completa goleada do Fluminense e emociona Maracanã antes de despedida

Do UOL, no Rio de Janeiro

02/07/2022 18h48

Classificação e Jogos

O atacante Fred, 39, se aproxima do adeus aos gramados e, naquela que deve ser a penúltima partida, deixou a sua marca. Na tarde de hoje (2), o camisa 9 fez o quarto gol do Fluminense na goleada por 4 a 0 sobre o Corinthians, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro, e foi ovacionado pela torcida.

Ao apito final, Fred, emocionado, foi festejado por companheiros, integrantes da comissão técnica e, principalmente, tricolores presentes. E fez questão de agradecer. Ele deu quase uma volta olímpica no estádio.

"Só gratidão no meu coração. Sempre falei que não sou merecedor das coisas que acontecem na minha vida. Deus é bondoso e gracioso, só consigo olhar para isso e ver as graças de Deus. Agradecer também as pessoas que foram usadas para eu poder viver mais um momento emocionante como esse", disse após o final da partida.

Fred, emocionado pelo Flu - REUTERS/Sergio Moraes - REUTERS/Sergio Moraes
Fred, do Fluminense, chora ao marcar contra o Corinthians pelo Brasileirão
Imagem: REUTERS/Sergio Moraes

Fred ressaltou a importância do Fluminense em sua carreira. De acordo com o atacante, o Tricolor foi o único clube que sempre acreditou no seu potencial, mesmo após os maus momentos.

"Quando eu estava mais abandonado e enfraquecido, a única torcida que acreditou em mim. Depois da Copa [de 2014] até eu não acreditei, mas me tiraram o buraco. Em 2009, quando estávamos acabados, a torcida também nos tirou do chão", disse. Ele destacou a importância do presidente Mário Bittencourt no retorno do clube, confessando que o executivo foi presencialmente até o seu encontro para convencê-lo a voltar ao clube carioca.

O gol marcado foi o de número 199 de Fred com a camisa tricolor. O atacante não escondeu o desejo de, diante do Ceará na semana que vem, marcar mais um e 'arredondar' a conta. "Tenho certeza que uma bolinha vai sobrar. Os caras estavam dando bola para mim hoje, Felipe Melo me lançou em velocidade, mas falei que nem estou conseguindo correr", brincou.

O presidente do clube, Mário Bittencourt, estava no Maracanã e foi até o campo ao final do jogo. Visivelmente emocionado, o mandatário não segurou as lágrimas e 'previu' o gol do camisa 9.

"Parece que foi um filme, que foi feito para acontecer tudo isso. Ele é iluminado. Não deu para aguentar a emoção, estava vendo o jogo com o Parreira e ele pegou no ombro, falou que ele ia entrar e fazer um gol. A torcida merece a festa esse ídolo maravilhoso que a gente tem", comentou em entrevista ao Premiere.

O técnico Fernando Diniz também falou ao final do jogo. Ele ressaltou que, se fosse por sua vontade, o atacante Fred ficaria até o final do ano. O atacante tem como último jogo previsto no próximo sábado (9), diante do Ceará, também no Maracanã.

"Meu desejo é que ele não parasse, continuasse até o final do ano. É um grande personagem, se a gente escrevesse um roteiro iria ficar pior do que foi. Momento muito lindo", disse o treinador do Flu. "Quem está aqui, está celebrando esse momento especial. Esses momentos que trazem a magia do futebol e fazem a gente se apaixonar", completou.

Fred agradeceu ao técnico Fernando Diniz e ressaltou que o treinador fez mesmo um esforço a mais para que ele continuasse jogando até o fim da temporada. Contudo, o camisa 9 revelou que está com um problema nos olhos e que isso dificulta sua atuação dentro de campo. Portanto, o fim da carreira do jogador deve ser mesmo na próxima semana.

O jogo de despedida acontece no próximo sábado, contra o Ceará, também no Maracanã. O contrato de Fred com o Fluminense vai até o dia 21, dia do aniversário do clube, e, após este período, ele vai se aposentar.

Fluminense