PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atlético-MG inicia processo para se tornar SAF e contrata assessoria

Rubens Menin, Sérgio Coelho e Ricardo Guimarães durante votação do Conselho Deliberativo do Atlético-MG - Bruno Sousa/Atlético-MG
Rubens Menin, Sérgio Coelho e Ricardo Guimarães durante votação do Conselho Deliberativo do Atlético-MG Imagem: Bruno Sousa/Atlético-MG

Victor Martins

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte, MG

30/06/2022 12h31

É apenas uma questão de tempo para que o Atlético-MG também se transforme numa SAF (Sociedade Anônima do Futebol). O clube mineiro contratou duas empresas que serão responsáveis por todo o processo, como assessoria financeira e captação de investidores.

A diretoria executiva do Atlético enviou uma carta ao presidente do Conselho Deliberativo, Castellar Guimarães Neto, para explicar o processo que está em andamento. No documento assinado pelo presidente o clube, Sérgio Coelho, e também pelo vice-presidente, José Murilo Procópio, a direção atleticana informou que as empresas EY e BTG Pactual foram contratadas para auxiliar o Atlético na transformação de uma SAF.

O texto cita ainda que o Galo já recebeu sondagens, mas que as propostas serão filtradas pelas empresas citadas. A transformação do Atlético numa SAF cabe ao Conselho Deliberativo, que deverá votar se aprova ou não a oferta que for considerada a mais favorável ao clube.

A carta foi enviada pela diretoria executiva foi recebido pelo presidente do Conselho nessa quarta-feira (29), como revelado pela Rádio Itatiaia. O UOL Esporte também teve acesso ao documento.

"Caberá aos assessores conduzirem as conversas com todos os interessados, a fim de selecionar àquelas que sejam interessantes economicamente e que tragam maior ganho estratégico para a Instituição", cita parte do trecho.

Embora tenha iniciado o processo para se transformar em SAF, o Atlético não tem pressa para assinar com um eventual investidor. Certamente a conclusão do processo não acontecerá em 2022.

Futebol