PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Corinthians dá novo balão no Inter, tira onda com DVD e acirra rivalidade

Yuri Alberto é anunciado como novo reforço do Corinthians - Reprodução/Twitter
Yuri Alberto é anunciado como novo reforço do Corinthians Imagem: Reprodução/Twitter

Bruno Menezes

do UOL, em São Paulo

29/06/2022 20h31

O Corinthians anunciou hoje (29) a contratação do Yuri Alberto por empréstimo até junho do ano que vem e assim venceu mais uma disputa particular com o Internacional, que havia sido o último clube do atacante no Brasil e também tentou repatriá-lo. Esta é a quarta disputa seguida em que o Alvinegro leva a melhor sobre o Colorado no mercado da bola, o que reacendeu uma rivalidade de muito tempo.

Em janeiro Yuri Alberto tinha sido vendido pelo Inter, ao Zenit (RUS), por 25 milhões de euros (quase R$ 150 milhões na época). Agora o atacante volta ao futebol brasileiro em troca que envolve os empréstimos do goleiro Ivan e do polivalente Gustavo Mantuan ao clube russo. O negócio foi viabilizado depois de a Fifa ampliar a suspensão de contratos de atletas na Rússia e na Ucrânia, por causa da guerra entre os países, o que colocou Corinthians e Inter na corrida por Yuri.

Essa disputa reacendeu uma rivalidade interestadual antiga entre os gaúchos e paulistas, que começou na final do Brasileirão de 1976, vencida pelo Colorado, passou pela polêmica edição do torneio nacional em 2005 e pela final da Copa do Brasil de 2009, as duas últimas vencidas pelo Alvinegro do Parque São Jorge. Além das demais disputas por jogadores que o UOL Esporte relembra abaixo.

Giuliano

A chegada do atual camisa 11 do Corinthians teve um roteiro parecido com o de Yuri Alberto: jogador com passagem de sucesso pelo Inter e com alguma identificação com a torcida colorada. Diversos jornalistas e influenciadores colorados cravaram a contratação do meia pelo clube gaúcho, indicando inclusive que a camisa 7 estaria reservada para ele, mas o jogador ficou mesmo foi com a 11 do Timão.

Rafael Ramos

O lateral do Corinthians se envolveu num suposto caso de injúria racial contra Edenílson, atleta do Internacional, que acusou ao árbitro Braulio da Silva Machado prontamente. O protesto foi registrado em súmula, documento que serviu como base para prisão em flagrante do jogador português, antes mesmo de Edenílson prestar queixa. No dia 13 desse mês, o inquérito foi concluído e enviado ao Ministério Público, que poderá ou não dar sequência ao trâmite na Justiça.

Bruno Méndez

O zagueiro foi adquirido pelo Alvinegro em 2019, mas não se firmou em sua primeira passagem, e acabou emprestado ao Internacional no primeiro semestre de 2021. Pelo Colorado, atuou em 48 partidas, marcando dois gols. Foi titular com Diego Aguirre, atuou pouco com Medina e retomou espaço na gestão Mano Menezes. No acordo de empréstimo, o Inter deveria pagar 6 milhões de dólares (cerca de R$ 30,8 milhões na cotação atual) por 50% dos direitos se quisesse ficar com o uruguaio em definitivo. A diretoria alvinegra chegou a negociar uma fatia menor do jogador pela metade do preço, mas as conversas não avançaram, e Bruno voltou ao Parque São Jorge para cumprir seu contrato até o final de 2023.

Caso DVD

Antes da Copa do Brasil de 2009, o então presidente Colorado, Fernando Carvalho, criou um dossiê contra o Corinthians, alegando que o rival chegara à final do torneio por conta de equívocos da arbitragem.

"A rivalidade é sadia. Vejo o Corinthians brincar com a história do DVD. Felizmente para eles, o time venceu mais do que perdeu depois daquilo, mas a vida vai e vem, daqui a pouco muda.", declarou o ex-dirigente ao UOL Esporte em 2017.

Mais um capítulo dessa rivalidade foi escrito hoje, com a contratação de Yuri Alberto, onde o próprio repostou em seu Stories do Instagram um vídeo com mais uma clara alusão ao famoso episódio do DVD.

Futebol