PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Cuidado, Inter! Artilheiro do Colo-Colo brilhou na Malásia e chega embalado

Juan Martín Lucero, atacante do Colo-Colo, é artilheiro da equipe - Divulgação/Colo-Colo
Juan Martín Lucero, atacante do Colo-Colo, é artilheiro da equipe Imagem: Divulgação/Colo-Colo

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

28/06/2022 04h00

Classificação e Jogos

Mano Menezes considera fundamental que o Internacional volte do Chile 'vivo' para decidir a vaga nas quartas de final da Copa Sul-Americana no jogo de volta das oitavas, em 5 de julho, em Porto Alegre. Mas tem um jogador que ameaça o plano gaúcho. Juan Martín Lucero, o goleador do Colo-Colo, adversário de hoje (28), às 21h30 (de Brasília).

O retrospecto do argentino de 30 anos por si só já é razão para algum receio. Embalado, ele marcou três gols no último jogo do Colo-Colo, que goleou por 5 a 1 o Temuco, pela Copa Chile. Na atual temporada, o atacante tem 14 gols e cinco assistências em 22 jogos. É quase uma participação em gol por partida.

A carreira de Lucero, porém, não é tão empolgante. Ele começou no Defensa y Justicia, passou pelo Sportivo Belgrano, e, em 2015, foi negociado com o Independiente. Por lá fez duas temporadas em que os gols foram raros.

A explosão aconteceu bem longe do continente. 'El Gato', como é conhecido, marcou impressionantes 22 gols em 21 jogos pelo Johor FC, da Malásia. Lá, foi artilheiro do campeonato local e eleito melhor jogador. O suficiente para os seus direitos comprados pelo Tijuana, do México.

Entretanto, novamente ele oscilou. Foram só 15 gols e três assistências em duas temporadas e meia. Em seguida, ele foi emprestado ao Godoy Cruz, ao Defensa y Justicia e ao Vélez Sarsfield, onde permaneceu após o período.

No Vélez, confusão e gols

No time argentino, a retomada foi rápida. Lucero marcou 18 gols e deu cinco assistências em 62 jogos. Mas, ao mesmo tempo, conviveu com alguns problemas fora de campo. Foi, por exemplo, um dos jogadores citados em acusação de abuso sexual a uma mulher de 28 anos durante uma festa realizada em sua casa, em 2020. Lucero, porém, ficou fora da lista de denunciados neste caso, pois apenas era o anfitrião do evento.

Alvo do Fortaleza, algoz do Fortaleza

Lucero, por fim, foi alvo do Fortaleza. Com o fim de seu vínculo junto ao Vélez, recebeu três ofertas. Uma do clube brasileiro, outra de renovação e a do Colo-Colo, que conseguiu o persuadir a mudar de país no início deste ano.

Mesmo que o treinador Juan Pablo Vojvoda tenha feito de tudo, não conseguiu levar o jogador para o time nordestino para ser seu comandado. E ainda teve que conviver com ele como adversário.

Lucero marcou um gol na vitória do Colo-Colo sobre os brasileiros na Arena Castelão. E ainda deu assistência no jogo de volta. Mas, ainda que tenha participado bem da partida, seu time acabou derrotado e em terceiro no grupo da Libertadores, caindo fora exatamente para sequência do Fortaleza na competição.

FICHA TÉCNICA:

COLO-COLO x INTERNACIONAL

Competição: Copa Sul-Americana - jogo de ida das oitavas de final
Data e hora: 28 de junho de 2022 (terça-feira), às 21h30 (de Brasília)
Local: estádio Monumental David Arellano, em Santiago (CHI)
Árbitro: Patricio Loustau (ARG)
Auxiliares: Ezequiel Brailovsky e Facundo Rodríguez (ambos argentinos)
VAR: German Delfino (ARG)

COLO-COLO: Brayan Cortés; Óscar Opazo, Maximiliano Falcón, Matías Zaldivia e Gabriel Suazo; César Fuentes, Estebán Pavez e Leonardo Gil; Pablo Solari, Juan Martín Lucero e Gabriel Costa. Técnico: Gustavo Quinteros

INTERNACIONAL: Daniel; Mercado, Moledo (Heitor), Vitão e Renê; Gabriel, De Pena, Edenilson, Pedro Henrique e Alan Patrick; Alemão. Técnico: Mano Menezes

Internacional