PUBLICIDADE
Topo

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Mauro Cezar: Brasil teve um jogo fácil, com adversário que testou pouco

Do UOL, em São Paulo

02/06/2022 12h07

Classificação e Jogos

A seleção brasileira goleou a Coreia do Sul por 5 a 1 no amistoso disputado em Seul na preparação para a Copa do Mundo do Qatar. Mas para Mauro Cezar Pereira, colunista do UOL, o adversário pouco testou o time comandado pelo técnico Tite.

Na Live do Mauro Cezar, transmitida pelo Canal UOL nesta quinta-feira (2), o jornalista fala que o ideal seria se a seleção brasileira pudesse enfrentar um adversário que desafiasse mais.

"Foi um jogo fácil, o time da Coreia jogando de uma maneira franca boa parte do jogo, é um time tecnicamente inferior, o Brasil enfrentou um adversário que em vários momentos permitiu entradas na área, finalizações, não foi um jogo difícil, é mais um teste para se movimentar, jogar contra uma outra escola. O ideal seria até enfrentar adversários um pouco mais qualificados, com um nível melhor do que o time da Coreia, mas é o que temos aí, a seleção brasileira não tem a oportunidade de jogar contra seleções mais fortes", diz Mauro.

"O Brasil teve facilidade, goleou, o Gabriel Jesus fez um golzinho no final, o Brasil finalizou 21 vezes, 12 na direção do gol, foi um jogo tranquilo, um adversário que testou muito pouco", completa.

Em sua avaliação, a seleção brasileira tem condições de vencer a Copa do Mundo, embora não seja a favorita, considerando o sistema defensivo eficiente e bons jogadores no ataque, com fatores que podem fazer a diferença, como Neymar.

"Eu acho que tem [chance de ser campeão]. O Brasil é um time que toma poucos gols, tem bons jogadores no ataque, a camisa tradicional. Pode ir o Brasil avançando, não é um dos favoritos, mas pode ganhar embalo na Copa do Mundo, é um torneio eliminatório, o Neymar pode esta bem, pode acontecer um monte de coisa", explica.

O jornalista também aponta que a vitória da Argentina sobre a Itália pela Finalíssima, ontem (1), precisa ser colocada no contexto em que se encontra o time italiano.

"Foi muito boa a participação do time argentino, mas por outro lado a seleção da Argentina enfrentou uma Italia com os pneus arriados, a eliminação da Copa do Mundo abalou demais os italianos, é uma vibe totalmente diferente do que nós vimos na Eurocopa, quando eles foram campeões", diz Mauro.

"Você enfrenta uma Itália mais fragilizada, diferente de se fosse um momento de maior competitividade desse time italiano. Venceu, jogou bem a seleção da Argentina, mas muito espaço, teve esse outro aspecto que não pode ser ignorado", conclui.

A próxima edição da Live do Mauro Cezar será na quinta-feira (9). Você pode acompanhar a live pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no Youtube.