PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Flamengo: Landim e Dunshee chegam a Paris para final da Champions

Rodolfo Landim em entrevista coletiva - Marcelo Cortes/Flamengo
Rodolfo Landim em entrevista coletiva Imagem: Marcelo Cortes/Flamengo

Letícia Marques

do UOL, no Rio de Janeiro

26/05/2022 12h14

Vivendo dias conturbados, o Flamengo viu o presidente Rodolfo Landim e o vice-presidente geral e jurídico Rodrigo Dunshee desembarcarem em Paris, na França, na manhã de hoje (26). Um dos motivos da viagem é final da Champions entre Liverpool e Real Madrid, que acontece no sábado (28).

Enquanto isso, o Rubro-Negro encara o Fluminense, no domingo (29), às 18h, no Maracanã. A presença dos principais representantes políticos do clube no clássico ainda não está garantida. A partida acontece em um momento de pressão ao elenco que vem de três vitórias consecutivas, mas segue vaiado ao fim dos jogos.

Na ausência do presidente e de Dunshee, o presidente do Conselho Deliberativo, Antônio Alcides, é quem responde como mandatário do Flamengo.

Cabe destacar que a viagem está marcada há alguns meses, visto que, desde 2019, Landim é convidado para assistir à final. Naquele ano, inclusive, anunciou a contratação de Jorge Jesus como técnico do clube.

Pressão na diretoria

A viagem acontece em um dos momentos mais agitados de Landim no comando do clube. O presidente virou o principal alvo das críticas da torcida, que vem fazendo protestos nos jogos com faixas e vaias ao dirigente.

A pressão, no entanto, não cai somente em Landim e respinga também em Marcos Braz, vice-presidente de futebol, e Bruno Spindel, diretor executivo. Além do presidente, a dupla também está no holofote das críticas.

Alguns torcedores, inclusive, pedem a troca de comando no departamento de futebol. Há quem proteste pedindo a saída também de Landim.

Flamengo