PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Milly: Vítor Pereira foi infeliz nas palavras e deve pedir desculpas

Do UOL, em São Paulo (SP)

24/05/2022 11h29

A entrevista coletiva de Vítor Pereira após o empate entre Corinthians e São Paulo, por 1 a 1, no último domingo (22), segue repercutindo. Ao falar sobre Róger Guedes, o treinador afirmou que o jogador precisa estar disponível para jogar onde for necessário e não somente onde prefere. Para exemplificar o fato, o português disse que gostaria de treinar o Liverpool, mas a declaração tem agitado as redes sociais, já que alguns torcedores viram certo desrespeito por parte do comandante com o Timão.

Na Live do do Programa UOL News Esporte, transmitida pelo UOL Esporte nesta terça-feira (24), os jornalistas Domitila Becker, Mily Lacombe e Vitor Guedes debateram a respeito da declaração de Vítor Pereira. Na visão do comentarista, o fato de demonstrar que gostaria de estar em outro clube gera polêmica e pode ser visto como desrespeito contra o Timão.

"Na sua fala, Vítor Pereira foi bem até chegar no Liverpool. O Róger Guedes desrespeitou ele publicamente, teve aquela cena patética contra o Bragantino, onde deixou o treinador no vácuo. Agora, achei uma falta de respeito absurda da parte dele em falar aquilo. Ele pode querer o que for, mas a pessoa quando usa o aposto 'com todo respeito', é porque sabe que ia falar o que não deveria", começou dizendo Vitor Guedes.

"Ele pode querer o que quiser da vida, mas sem hipocrisia e um pouco de boas maneiras não se convive. Eu não posso ir na casa de alguém e falar que o macarrão da pessoa ficou péssimo. Na minha opinião, faltou um mínimo de inteligência. As pessoas estão confundindo sinceridade com grosseria, estupidez e falta de inteligência. Ele podia falar que o Liverpool tem o melhor time do mundo, mas dizer que se chamarem ele vai, achei completamente desnecessário", completou o jornalista.

Em seguida, Mily Lacombe deu sua visão quanto ao assunto e concordou com Vitor Guedes. Na opinião da comentarista, o treinador colocou os times em uma ordem de grandeza inexistente.

"Eu vi a coletiva inteira e, como corintiana, é claro que aquilo pegou, ele mostrou que queria estar em outro lugar e deu uma ordem de grandeza entre os dois times que simplesmente não existe. Para quem torce, não existe uma ordem de grandeza para a sua equipe do coração e qualquer outro. O maior time do mundo é aquele que a gente torce. Ele foi muito infeliz nas palavras".

"É claro que ele é muito sincero, as coletivas dele são todas boas, ele responde as perguntas mais cabeludas educadamente, explica tudo. Na hora que ele falou, engoliu em seco e viu que deu o exemplo errado. Acho que ele virá a público e pedirá desculpas", disse a comentarista.

A próxima edição da Live do UOL News Esporte será na quarta-feira (25). Você pode acompanhar a live pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no YouTube.

Corinthians