PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Cicinho chama Corinthians de 'time pequeno' após empate no Majestoso

Jogadores de Corinthians e São Paulo discutem no Majestoso - Marcello Zambrana/AGIF
Jogadores de Corinthians e São Paulo discutem no Majestoso Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

24/05/2022 08h53

Classificação e Jogos

A invencibilidade de oito anos do Corinthians diante ao São Paulo, na Neo Química Arena, foi tema central de debate do Arena SBT de ontem (23). O ex-jogador Cicinho cornetou a festa dos alvinegros após o resultado, achando a comemoração exagerada. No último Majestoso, o Alvinegro paulista saiu atrás, mas buscou o empate por 1 a 1 com o Tricolor e manteve a marca contra o rival a liderança do Brasileirão.

"Tabu? É uma vergonha. Time pequeno tem que se contentar com isso. Por que não fala quantos jogos o Corinthians não ganha do São Paulo? Acabou o jogo e a torcida comemorando tabu, pelo amor de Deus", disparou Cicinho.

O comentarista do Arena SBT também analisou a atuação do técnico Rogério Ceni na partida. Ele elogiou o primeiro tempo do treinador no clássico, mas ressaltou as falhas do São Paulo após as escolhas nas substituições.

"Se formos analisar como torcedores, sempre vamos analisar o resultado final. Mas se formos olhar com outros olhos, o Rogério Ceni entrou com um time que ninguém esperava. Foi uma surpresa essa escalação. Não é passando pano", opinou o ex-lateral.

"As alterações foram erradas? Foram, porque desmontaram o time do São Paulo", acrescentou. "Ele acreditava numa mudança no segundo tempo do Corinthians e tentou fazer o que tinha em mente. Não deu certo porque os jogadores entraram abaixo. Ele errou pelo contexto que virou o jogo", completou Cicinho.

UOL Esporte vê TV