PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Roger minimiza Grêmio fora do G4 da Série B: 'não vai subir em agosto'

Grêmio chegou a três jogos sem vitória na Série B do Campeonato Brasileiro - Pedro H. Tesch/AGIF
Grêmio chegou a três jogos sem vitória na Série B do Campeonato Brasileiro Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

19/05/2022 22h21

Classificação e Jogos

O Grêmio vai terminar a oitava rodada da Série B do Brasileiro fora da zona de acesso e, hoje (19), Roger Machado pediu calma com a campanha do time. Logo depois do empate sem gols contra o Criciúma, o treinador disse que a equipe produziu o suficiente para vencer, declarou que a atuação não foi ruim e citou a juventude do elenco para prever que a volta à elite não virá tão cedo e nem facilmente.

A equipe gremista tem 12 pontos e vai ficar fora do G4 pela segunda rodada seguida, depois de deixar o topo da tabela.

"Tenho visto a gente encarar dificuldades naturais da competição. Elas vão seguir ocorrendo. E a gente não vai conseguir o acesso em agosto. Mesmo com o peso do Grêmio, desses atletas, não vamos passar por cima dos adversários. Encontramos equipes estruturadas, atletas experientes", disse Roger Machado, treinador do Grêmio.

Ao falar especificamente sobre o jogo, o técnico citou chances criadas e afirmou que o time não venceu por falta de pequenos detalhes.

"Penso que funcionou, relativamente bem, para termos vencido. Obviamente precisa de ajustes. A ansiedade da busca por movimentos, pelo momento que a gente vive, atrapalha. Não enxerguei um mau jogo (...) No jogo de hoje, novamente, não vi um mau jogo. Criamos pelo menos seis oportunidades. Se isso não é ser superior ao adversário?", afirmou.

O Grêmio, porém, ouviu vaias da torcida no intervalo e depois do apito final. A pressão, que já existia depois do empate com o Ituano fora de casa, voltou a crescer com o 0 a 0.

"O torcedor está machucado desde o ano passado. Entendo perfeitamente. Hoje, tenho que parabenizar. Durante 90 minutos se manifestou com apoio ao time. Deixou para manifestar insatisfação depois do jogo. Compreendo que o torcedor está ansioso, chateado. Eu gostaria de estar como líder, mas essa posição na tabela está longe de ser definitiva. O torcedor só vai estar tranquilo quando a gente tiver o acesso e ele virá, não tenho dívidas. Com ajustes, reforços, melhoras. Com o torcedor ao nosso lado. Mas nos momentos como hoje, que a gente deixa dois pontos em casa, naturalmente a torcida vai se sentir decepcionado. Só o acesso, de um torcedor muito machucado, vai apagar esse ano da segunda divisão", declarou Roger.

O Grêmio volta a campo diante do Glória-RS, pela Recopa Gaúcha, na terça-feira (24). O próximo jogo na Série B é diante do Vila Nova, em Goiânia, em 29 de maio.

Grêmio