PUBLICIDADE
Topo

Santos

Santos adota cautela, e Ângelo deve ficar fora de no mínimo mais três jogos

Ângelo no Treino do Santos - Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC
Ângelo no Treino do Santos Imagem: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Lucas Musetti Perazolli

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

17/05/2022 10h22

Com lesão muscular na coxa direita, o atacante Ângelo perderá os próximos jogos do Santos. O camisa 11 ficará fora contra o Unión La Calera (CHI) amanhã, pela Sul-Americana, e Ceará, no sábado, pelo Campeonato Brasileiro. Existe boa chance do Menino da Vila continuar ausente também diante de Banfield e Palmeiras, nos dias 24 e 29 de maio.

Ângelo já teve duas lesões importantes na coxa direita. A primeira, em março, foi no bíceps femoral e o deixou fora por um mês. A segunda, detectada em 30 de abril, ocorreu em outra parte da perna, mas com gravidade semelhante e também deve demandar ao menos quatro semanas de tratamento — com o retorno do atleta possivelmente em maio.

Ângelo está sem dor e já realiza alguns trabalhos leves em campo, mas o Peixe adota cautela e busca o equilíbrio muscular no atacante de apenas 17 anos e que ainda está em maturação física.

Prodígio na base, Ângelo pouco atuou pelo sub-17, nem passou pelo sub-20 e foi promovido ao elenco profissional do Santos com 15 anos, em 2020. A rotina de um dia para o outro exigiu muito mais fisicamente e o departamento de saúde do Peixe entende que a "conta" chegou agora. Cenário semelhante viveu o Palmeiras com as lesões de Gabriel Veron.

Ângelo já soma 68 jogos pelo Santos, com dois gols marcados, e era titular absoluto sob o comando de Fabián Bustos até a lesão.

Santos