PUBLICIDADE
Topo

Futebol

City busca empate, mas perde pênalti e Campeonato Inglês fica aberto

Jack Grealish marcou o primeiro gol do Manchester City contra o West Ham - Mike Hewitt/Getty Images
Jack Grealish marcou o primeiro gol do Manchester City contra o West Ham Imagem: Mike Hewitt/Getty Images

Colaboração para o UOL, em Maceió

15/05/2022 11h53

O Manchester City empatou com o West Ham neste domingo (15) e joga a pressão da decisão do título para o Campeonato Inglês para a última rodada. No Estádio Olímpico, os gols foram marcados por Bowen duas vezes, enquanto Grealish e Coufal (contra) recolocaram os Citizens no jogo. Mahrez ainda perdeu pênalti na segunda etapa.

A situação para a última rodada é tensa. O City tem 90 pontos e 37 partidas disputadas, enquanto o Liverpool vem logo atrás com 86 pontos e 36 partidas. Os Reds jogam contra o Southampton na terça-feira (17) e as duas equipes fecham a participação neste Campeonato Inglês, no domingo (22), às 12h. O City pegará o Aston Villa, do técnico Steven Gerrard, ídolo do Liverpool, enquanto os Reds enfrentam os Wolves. Os dois times jogam em casa.

O West Ham, por outro lado, é o 7º colocado da competição, com 56 pontos, e está na disputa por uma vaga na Liga Europa. Na última rodada, a equipe pega o Brighton, fora de casa.

West Ham abre o placar em jogadaça

Aos 24 minutos do primeiro tempo, o goleiro Fabianski mandou a bola para o ataque e Fernandinho, do City, conseguiu desviar a trajetória. Ela sobrou para Fornals, que lançou Bowen nas costas da zaga adversária. O inglês correu com a bola e driblou o goleiro Ederson. Sem contar angulo, ele bateu de canhota para o fundo da rede.

Bowen +1

Mais uma vez, o goleiro Fabianski começou uma boa jogada para o West Ham. Ele jogou para Soucek, que desviou de cabeça no meio de campo. A bola ficou com o atacante Antonio, que matou a bola no peito e mandou, com categoria, para Bowen. Iluminado na partida, o inglês chutou de perna esquerda com força e ampliou o placar aos 45.

Jogadores do West Ham comemoram segundo gol de Bowen contra o Manchester City - Craig Mercer/MB Media/Getty Images - Craig Mercer/MB Media/Getty Images
Jogadores do West Ham comemoram segundo gol de Bowen contra o Manchester City
Imagem: Craig Mercer/MB Media/Getty Images

City diminui no comecinho do segundo tempo

Dominante na maior parte da partida, mas sem conseguir mudar o marcador, o City foi para o segundo tempo sabendo que precisava reverter o resultado para não deixar a zebra diminuir suas chances de título no Campeonato Inglês.

A esperança renasceu aos três minutos, após cruzamento de Zinchenko da esquerda. A bola foi na cabeça de Rodri, que escorou para Grealish. O inglês chegou batendo com força e contou com a sorte, já que um desvio de Dawson tirou Fabianski da jogada e garantiu o gol do Manchester City.

West Ham pressiona

Em sequência, o West Ham teve duas boas chances em trabalhadas do Manchester City. Na primeira, aos 15, a defesa entregou a bola para Bowen, que recuperou dentro da área, puxou para a direita e chutou cruzado, rente à trave direita.

Semelhante foi o lance aos 18, quando Fernandinho tentou o recuo para Ederson. O problema é que Antonio estava ligado e pegou a bola livre; o goleiro brasileiro saiu e o atacante jamaicano tentou a cavadinha, mas errou o alvo.

Zinchenko, do Manchester City, disputa a bola com Bowen, destaque da partida pelo West Ham - Clive Rose/Getty Images - Clive Rose/Getty Images
Zinchenko, do Manchester City, disputa a bola com Bowen, destaque da partida pelo West Ham
Imagem: Clive Rose/Getty Images

City empata em gol contra de Coufal

A sorte também jogou a favor do Manchester City. Aos 22, em cobrança de falta de Mahrez para o meio da área, o lateral-direito Coufal tentou tirar a bola, mas desviou para o fundo da rede, sem chances de defesa para o goleiro Fabianski.

Despedida do "Mr. West Ham"

Foram 17 anos e meio e 16 temporadas seguidas de Mark Noble no West Ham — ele também já havia atuado na base do clube de 2000 a 2004, e passou por empréstimos a Hull City e Ipswich Town. Aos 35 anos, o jogador anunciou que se aposentadoria ao fim da temporada e este jogo contra o Manchester City marca seu último jogo diante do Estádio Olímpico de Londres. Noble entrou em campo aos 31 minutos do segundo tempo.

Virada? Aqui não! Fabianski pega pênalti de Mahrez

Aos 36 minutos, o jogo indicava a redenção do Manchester City. Gabriel Jesus tentou passar por Dawson e foi derrubado pelo zagueiro. O árbitro não marcou a penalidade, mas, após revisão no VAR, voltou atrás da decisão e Mahrez foi para a cobrança aos 39. O argelino bateu com força no canto esquerdo, mas Fabianski acertou o lado e espalmou o chute do artilheiro do City.

FICHA TÉCNICA

West Ham 2 x 2 Manchester City
Motivo: 37ª rodada do Campeonato Inglês
Data: 15/05/2022
Local: Estádio Olímpico de Londres
Hora: 10h (de Brasília)
Cartões amarelos: Bowen (WHU), Coufal (WHU), Fabianski (WHU), Gabriel Jesus (MCI)
Cartões vermelhos:
Gols: Bowen (WHU), aos 24' do primeiro tempo (1-0); Bowen (WHU), aos 45' do primeiro tempo (2-0); Grealish (MCI), aos 3' do segundo tempo (2-1); Coufal (contra, a favor de MCI), aos 22' do segundo tempo (2-2);

West Ham: Fabianski; Coufal, Zouma, Dawson e Cresswell; Rice e Soucek; Bowen, Lanzini (Mark Noble) e Pablo Fornals (Johnson); Antonio (Yarmolenko). Técnico: David Moyes.

Manchester City: Ederson; Cancelo, Fernandinho, Laporte e Zinchenko; Rodri, De Bruyne e Bernardo Silva; Mahrez, Grealish e Gabriel Jesus. Técnico: Pep Guardiola.

Futebol