PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Vasco frustra torcida e empata com Vila Nova em estreia na Série B

Vasco e Vila Nova atuaram diante de um São Januário lotado na primeira rodada da Série B do Brasileiro - Thiago Ribeiro/AGIF
Vasco e Vila Nova atuaram diante de um São Januário lotado na primeira rodada da Série B do Brasileiro Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro

08/04/2022 20h59

Classificação e Jogos

A torcida esgotou os ingressos antecipadamente, lotou São Januário, mas o Vasco mais uma vez a frustrou. Com um desempenho "engessado", o Cruz-Maltino ficou apenas no empate em 1 a 1 com o Vila Nova e deixou os vascaínos irritados, pela abertura da Série B do Brasileiro.

O time do técnico Zé Ricardo abriu o placar logo no início com Raniel, logo aos 8 minutos do primeiro tempo, mas, três minutos depois, voltou a sofrer com um carma que já carrega há dois anos: a bola parada. Arthur Rezende, de cabeça, empatou.

Na próxima rodada o Vasco visita o CRB em Maceió (AL), já o Vila Nova recebe o Novorizontino em Goiânia (GO).

Lembra dele?

O experiente meia Wagner, ex-Cruzeiro, Fluminense e Vasco, entrou aos 17 minutos do segundo tempo pelo Vila Nova. Ele passou pelo Cruz-Maltino entre 2017 e 2018 e saiu acionando a Justiça de Trabalho. O jogador está com 37 anos.

O melhor - Thiago Rodrigues

O goleiro do Vasco manteve sua boa fase da temporada e foi peça importante fazendo boas defesas que ajudaram a equipe.

O pior - Bruno Nazário

Aposta do técnico Zé Ricardo para a partida, Bruno Nazário não conseguiu corresponder às expectativas. Lento, não criou e perdeu bolas bobas no meio de campo. Foi substituído aos 11 minutos do segundo tempo por Juninho.

Atuação do Vasco

Raniel jogador do Vasco comemora seu gol com jogadores do seu time durante partida contra o Vila Nova-GO no estádio São Januário pelo campeonato Brasileiro B 2022 - Thiago Ribeiro/AGIF - Thiago Ribeiro/AGIF
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

O técnico Zé Ricardo teve duas semanas para preparar o Vasco para a Série B, mas a equipe foi exatamente igual à que disputou o Campeonato Carioca. Lenta, sem criatividade e com marcação frouxa. O torcedor teve motivos para se irritar.

Atuação do Vila Nova

O time goiano não se limitou a somente se defender. O Vila Nova foi, sobretudo, inteligente, explorando os contra-ataques, sabendo amarrar o jogo no momento certo para esfriar a torcida e assim conseguiu manter esse ponto importante.

Na trave!

Raniel quase fez o segundo dele aos 21 minutos do primeiro tempo após um cruzamento da direita onde ele raspou de cabeça e a bola bateu caprichosamente na trave.

VAR anula gol do Vasco

Aos 28 minutos do primeiro tempo, o lateral esquerdo Edimar aproveitou rebote e chutou no canto do goleiro do Vila Nova. Após três minutos, porém, o VAR foi acionado e o árbitro Leandro Pedro Vuaden interpretou que foi falta de Bruno Nazário durante a jogada.

Nenê na bronca

Nenê foi substituído aos 24 minutos do segundo tempo por Getúlio e não gostou nem um pouco. O experiente meia saiu esbravejando e reclamando bastante.

Foguetório na entrada em campo

Um foguetório de cerca de cinco minutos foi feito na entrada das equipes em campo pela torcida do Vasco. O barulho fez com que o hino nacional fosse abafado enquanto os times estavam perfilados.

Torcedores têm acesso ao serviço do jogo por QR Code

O departamento de comunicação do Vasco apresentou uma novidade aos torcedores que compareceram a São Januário. O clube disponibilizou QR Codes espalhados pelo estádio onde, através do dispositivo móvel, se poderia ter acesso ao serviço do jogo com todas as informações, dados e estatísticas da partida e do Cruz-Maltino.

FICHA TÉCNICA:

VASCO 1 X 1 VILA NOVA
Campeonato:
Série B - Primeira rodada
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 19h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Auxiliares: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)
VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (SP)
Cartões amarelos: Zé Gabriel, Yuri Lara (VAS); Alex Silva, Matheuzinho (VIL)
Gols: Raniel, aos 8 minutos do primeiro tempo (VAS); Arthur Rezende, aos 11 minutos do primeiro tempo (VIL)

VASCO: Thiago Rodrigues, Weverton (Juninho), Anderson Conceição, Juan Quintero e Edimar; Zé Gabriel, Yuri Lara (Lucas Oliveira) e Nenê (Getúlio); Gabriel Pec, Bruno Nazário (Vitinho) e Raniel (Figueiredo). Técnico: Zé Ricardo.

VILA NOVA: Georgemy; Alex Silva, Rafael Donato, Renato e Willian Formiga; Rafinha, Pablo Roberto (Wagner) e Arthur Rezende. Matheuzinho (Jean Silva), Pablo Dyego e Victor Andrade. Técnico: Higo Magalhães.

Vasco