PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Bruno Gomes aciona Vasco na Justiça por rescisão e pede R$ 2 milhões

Volante Bruno Gomes, de 20 anos, foi revelado pelo clube e tem passagens por seleções de base - Thiago Ribeiro/AGIF
Volante Bruno Gomes, de 20 anos, foi revelado pelo clube e tem passagens por seleções de base Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

26/01/2022 21h18

Revelado nas divisões de base do Vasco, o volante Bruno Gomes, de 20 anos, acionou o clube na Justiça do Trabalho solicitando a rescisão de seu contrato por falta de pagamentos. A informação inicial foi dada pelo perfil "Arena Cruzmaltina" e confirmada pelo UOL Esporte.

O jovem já havia manifestado à diretoria e à comissão técnica de Zé Ricardo que não gostaria de atuar no Cruzmaltino nesta temporada. Inicialmente, o Vasco decidiu por tentar um empréstimo do volante e um negociação chegou a ser aberta com o Internacional, mas não evoluiu. Desde este imbróglio, o jogador passou a treinar em horários alternativos ao do elenco principal.

Nesta quarta-feira, a juíza Claudia de Abreu de Lima Pisco, da 45ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, deu prazo de 48 horas para o Vasco se manifestar no processo.

No último dia 13, o gerente geral cruzmaltino, Carlos Brazil, havia manifestado o desejo de que Bruno Gomes repensasse sua decisão.

"Temos a esperança que uma reflexão dele faça o Bruno mudar de ideia e queira permanecer. Como ele tem o desejo de sair, o Zé precisa contar com jogadores que queiram de fato estar no Vasco. Por isso ele está treinando separado. No momento que ele virar a chave e dizer que quer ficar no Vasco, ele pode ser reintegrado", disse na ocasião.

Pessoas ligadas ao jogador já haviam manifestado ao UOL Esporte — dias antes ao seu afastamento — a vontade do volante de seu staff de uma mudança de ares.

Vasco