PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Com Globo e FPF, Paulistão terá dois serviços diferentes de PPV; compare

Paulistão 2022 terá dois serviços de PPV na transmissão: o Paulistão Play e o Premiere - Divulgação/Renato Pizzutto/Paulistão
Paulistão 2022 terá dois serviços de PPV na transmissão: o Paulistão Play e o Premiere Imagem: Divulgação/Renato Pizzutto/Paulistão

Allan Simon

Do UOL, em São Paulo

22/01/2022 04h00

Classificação e Jogos

O Paulistão 2022 começa neste fim de semana com muitas novidades no campo das transmissões, como a venda em pacotes dos jogos do campeonato para diversos players (Record, YouTube e HBO Max/Estádio TNT Sports), entre elas a existência de dois serviços diferentes de PPV (pay-per-view) que vão entregar as mesmas partidas da competição. Um deles é o Premiere, do Grupo Globo. O outro é o Paulistão Play, aplicativo oficial da FPF (Federação Paulista de Futebol).

Ambos vão transmitir 97 jogos do Paulistão 2022. O Premiere cobra atualmente R$ 59,90 em sua mensalidade, mas é possível em algumas operadoras e por venda direta via streaming pagar R$ 49,90 em um plano anual do qual não é possível desistir até o fim dos 12 meses. O Paulistão Play não terá um plano completo da temporada, apenas o mensal, pelo qual cobra R$ 34,99.

Serão sempre os mesmos duelos nos dois serviços, o que significa que o sistema pay-per-view desta edição não terá 100% das partidas disputadas na temporada. Treze serão totalmente exclusivas da WarnerMedia, que decidiu concentrar as transmissões nos seus streamings, a HBO Max e o Estádio TNT Sports.

Assim, o torcedor pode ter dúvidas na hora de optar por algum dos sistemas de PPV, mas já sabe que qualquer um deles ainda não será suficiente para não perder nenhum jogo. Além disso, pelo menos três do quatro times grandes de São Paulo sempre estarão na Record, no YouTube ou na HBO Max, deixando apenas um exclusivo para Premiere e Paulistão Play. Nas rodadas já marcadas com clássicos, o pay-per-view não terá exclusividade deles.

Também vale lembrar que Record, por ser TV aberta mas também por reproduzir o sinal em seus canais digitais (R7 e PlayPlus), e YouTube farão transmissões gratuitas de 30 jogos ao todo no Paulistão 2022. É uma oferta maior do que a existente até 2021, quando a Globo era detentora de todos os direitos da competição e exibia no máximo 16 partidas por edição. No ano passado, foram oito transmissões em TV aberta, apenas.

Ou seja, feitas as ressalvas sobre o aumento da oferta gratuita de jogos, pode-se fazer uma análise do PPV. Mas antes é preciso mencionar que a HBO Max e o Estádio TNT Sports, embora sejam streamings pagos, não são propriamente serviços de pay-per-view. A WarnerMedia comprou o que seria o pacote de TV por assinatura do Paulistão até 2025, mas não vai exibir as partidas em seus canais lineares, abrindo no entanto o acesso ao Estádio TNT Sports para clientes de todas as operadoras que tenham o canal TNT no pacote de TV.

A assinatura atual da HBO Max custa a partir de R$ 14,90/mês no plano anual, podendo chegar a R$ 27,90 no mensal, do qual é possível desistir a qualquer momento. O Estádio TNT Sports custa R$ 19,90 por mês, ou R$ 13,90/mês no plano anual, e pode ser adquirido por meio do UOL Esporte Clube. Só esses dois serviços vão mostrar os 13 jogos que estarão fora do PPV.

Voltando à comparação entre Paulistão Play e Premiere, listamos abaixo os principais fatores para que o torcedor possa tomar sua decisão:

- Quais são as semelhanças entre Paulistão Play e Premiere?

A entrega de jogos. Ambos terão 97 partidas, sendo sete por rodada na primeira fase, além da exclusividade de uma das quartas de final. Ao todo, serão 49 duelos que não estarão nos outros players, apenas em PPV.

A geração de imagens do campeonato também será a mesma não só no Premiere e no Paulistão Play, mas também na Record, YouTube e WarnerMedia. Cada empresa terá sua equipe de narradores e comentaristas, mas a produção de imagens ficará centralizada na LiveMode, responsável pela comercialização do campeonato.

- Quais são as principais diferenças entre Paulistão Play e Premiere?

O preço e a disponibilidade para o uso.

O Premiere é um serviço de PPV presente na TV por assinatura desde os anos 1990, quando foi praticamente pioneiro na modalidade pay-per-view com jogos do Brasileirão. Ainda será a única opção fora a Record na TV paga, já que nenhum canal linear (Sportv, ESPN, BandSports, TNT etc) vai transmitir o campeonato.

Custa R$ 59,90 por mês. No plano fidelidade, que condiciona a permanência mínima a um ano, sai por R$ 49,90. Também pode ser comprado por streaming diretamente no Globoplay, que tem aplicativo disponível em TVs com a tecnologia Smart.

O Paulistão Play custa R$ 34,99 por mês e está disponível apenas por streaming. Quem assinar poderá assistir aos jogos no aplicativo próprio do serviço para smartphones, no site oficial ou ainda espelhando a tela do celular para as smart TVs.

- O que ambos oferecem além dos jogos do Paulistão?

O Paulistão Play terá conteúdos sob demanda da competição, além de transmissões de todos os campeonatos da FPF, como a Série A2, Série A3, Paulistão Feminino, torneios de base, entre outros.

O Premiere terá jogos dos campeonatos Mineiro, Gaúcho, Pernambucano e também da Copa do Brasil. Quem assinar o plano anual garantirá também todos os jogos do Brasileirão Série B, além de quase a totalidade das partidas da Série A, com exceção dos jogos do Athletico Paranaense.

- Qual PPV compensa mais para o torcedor?

O PPV de maneira geral será mais indispensável ao torcedor dos times menores que disputam o Paulistão, já que os grandes estarão majoritariamente na Record, no YouTube e nos streamings da WarnerMedia. Nas seis primeiras rodadas, por exemplo, só três jogos envolvendo essas equipes serão exclusivos do pay-per-view: Corinthians x Ferroviária, na próxima terça (25) às 21h, Santos x Botafogo de Ribeirão Preto, no dia 29 de janeiro às 11h, e São Paulo x Santo André, no dia 9 de fevereiro às 19h.

Os três clássicos já marcados estão distribuídos entre YouTube e Record. A emissora de Edir Macedo transmite o primeiro, um Corinthians x Santos no dia 2 de fevereiro às 21h35. Os outros dois envolvem o Palmeiras e foram adiados por causa da participação do Verdão no Mundial de Clubes da Fifa. Os jogos São Paulo x Palmeiras, em 10 de março, e Palmeiras x Corinthians, no dia 17 do mesmo mês, ambos às 20h30, serão do YouTube.

O PPV compensa para o torcedor que não quer perder nada, desde que já tenha assinatura também da HBO Max ou do Estádio TNT Sports. Neste caso, o perfil do cliente será mais importante.

O Paulistão Play é uma opção melhor para quem não tem TV por assinatura em casa e quer uma opção mais barata e acessível para ver apenas o estadual de São Paulo pela internet, sem compromisso de permanência por um ano ou necessidade de ver competições de outros estados.

Quem curte mais o conforto da televisão e gosta de acompanhar estaduais de outras praças terá no Premiere uma escolha melhor, já que o canal PPV da Globo está praticamente em todas as operadoras de TV por assinatura e ainda é vendido em combos no streaming com o Globoplay.

O fato é que em ambos os casos os clubes vão receber participação nas receitas, já que toda a negociação foi centralizada e contou com a participação de todas as equipes. Ainda não foram divulgados os valores estimados para os ganhos dos times com a competição em 2022.

UOL Esporte vê TV