PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Fla condiciona dois terços da compra de Arrascaeta a desempenho e taças

Bruno Spindel, Arrascaeta e Marcos Braz celebram renovação de contrato do meia com o Flamengo - Alexandre Vidal/Flamengo
Bruno Spindel, Arrascaeta e Marcos Braz celebram renovação de contrato do meia com o Flamengo Imagem: Alexandre Vidal/Flamengo

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

20/01/2022 04h00

Prioridade número 1 do Flamengo para o início da temporada de 2022, a renovação de contrato de Arrascaeta se arrastou por alguns meses, mas foi concretizada e selada até 2026. Após um período tenso de negociações e de idas e vindas, o Fla conseguiu ajustar o acordo e desatar o nó referente à compra dos 25% restante dos direitos econômicos do uruguaio, que era exatamente o ponto de entrave entre as partes. Nas conversas iniciais, esse total estava estipulado na casa dos 5 milhões de euros (R$ 31,1 milhões).

  • De segunda a sexta, às 17h, o Canal UOL traz, ao vivo, as últimas informações do mercado da bola. Inscreva-se no YouTube de UOL Esporte e confira também as lives dos clubes, Posse de Bola e UOL News Esporte:

Pelo acordado, o Rubro-negro irá adquirir um terço desta fatia que ainda pertence ao Defensor (URU). Os dois pedaços finais do bolo terão de ser comprados, mas de acordo com o cumprimento de metas variáveis por taças e performance que foram estabelecidas no novo vínculo.

No contrato anterior, uma questão envolvendo uma cláusula de desempenho gerou atrito. Pelo que estava pactuado, o Rubro-negro teria de fazer a compra imediata de 12,5% caso o meia jogasse 4 mil minutos em 2019 e em 2020. As metas não foram cumpridas por pouco, mas a tensão cresceu mesmo assim.

Inconformado com a situação, Daniel Fonseca, agente do uruguaio, alegou que seu cliente havia sido muitas vezes substituído do time e convocado para a seleção de seu país. O empresário afirmou ainda que havia uma promessa do Rubro-negro, mas valeu o que estava escrito.

Fonseca mencionou a possibilidade de buscar novos interessados, tentou pressionar os rubro-negros a acelerarem a renovação, porém o clube tratou de ganhar tempo e não fazer um negócio oneroso antes da hora.

Pelo que estava firmado no primeiro trato entre as partes, um novo acordo só poderia ser firmado a partir de janeiro de 2022, o que deu ao Rubro-negro alguma vantagem para poder esticar um pouco a corda de seu lado e fechar em uma condição considerada mais confortável para o clube.

Arrascaeta renovou até 2026 com o Flamengo - Thiago Ribeiro/AGIF - Thiago Ribeiro/AGIF
Arrascaeta renovou até 2026 com o Flamengo
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Aliviado com o desfecho, o ídolo da torcida não escondeu a satisfação com a permanência. Em entrevista à "FlaTV", ele festejou a prorrogação de seu casamento com o Flamengo.

"É o que todo mundo queria. Tanto os torcedores e os dirigentes quanto eu e o Daniel (Fonseca, empresário). Nós queríamos ficar aqui e sabíamos que ia dar certo. Então, estou muito feliz e sou grato ao que o clube e a torcida me ofereceram. Minha responsabilidade é continuar ganhando para sermos felizes", disse ele, que completou:

"Desde o dia que cheguei me receberam muito bem. Sou muito grato por tudo. Então, temos de retribuir isso no campo. A gente sabe que estamos em um grande clube, brigando por títulos importantes todo ano e em 2022 não será diferente. Vamos continuar lutando para ganhar mais títulos".

Contratado ao Cruzeiro em janeiro de 2019, Arrascaeta custou R$ 81,6 milhões aos cofres da Gávea. Neste período, o uruguaio já venceu uma Libertadores, dois Brasileiros, uma Recopa, duas Supercopa do Brasil e três cariocas.

Flamengo