PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio acerta renovação de contrato de Ferreira até o final de 2024

Lucas Uebel/Grêmio
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

19/01/2022 16h22

O meia-atacante Ferreira vai permanecer no Grêmio. Hoje (19), o clube gaúcho e o meia-atacante acertaram renovação contratual. O negócio amplia o vínculo do camisa 11, rende aumento salarial e elevação do valor da multa rescisória. De quebra, afasta a possibilidade de investida do Flamengo no jogador, que sondou a situação do atleta na semana passada por conta da iminente saída de Michael.

Aos 24 anos, Ferreira assinou novo contrato até o final de 2024. O vínculo anterior ia até dezembro de 2023 e preocupava o Grêmio pela multa rescisória de 8 milhões de euros.

O acerto entre Grêmio e Ferreira avançou na sexta-feira da semana passada. Hoje, em Porto Alegre, uma reunião final selou a renovação. O aumento salarial era um antigo tema na mesa de negociação entre jogador e clube.

Aos olhos do Grêmio, Ferreira terá papel chave ao longo da Série B. Além de ser possível venda futura, mesmo com idade fora do padrão de grandes negócios.

Ainda em 2021, o Grêmio havia iniciado negociação para ampliar contrato e aumentar o salário de Ferreira. Logo depois do Campeonato Gaúcho, as tratativas chegaram a montar acerto com vencimentos perto de R$ 500 mil. A crise do time, que terminou com rebaixamento, e lesão do jogador brecaram tudo. Depois da virada do ano, o assunto voltou à tona. A diretoria costurou contrato com vencimento mensal menor.

Em 2021, o Atlanta United chegou a mandar e-mail ao Grêmio informando que iria exercer a opção de compra de Ferreira. Felipão, à época treinador do clube gaúcho, se irritou e revelou ausência do jogador em treinos. No fim, o clube da MLS optou por investir em Luis Araújo e o camisa 11 continuou em Porto Alegre.

Futebol