PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Prêmios, bilheteria e exibição na TV renderam R$ 225 milhões ao Atlético-MG

Lohanna Lima e Victor Martins

Do UOL, em Curitiba e Belo Horizonte

16/12/2021 04h00

O Atlético-MG gastou muito para montar o elenco atual. Com o aporte financeiro dos mecenas que são conhecidos como os 4 R's, o clube mineiro recebeu a injeção de R$ 400 milhões. Dinheiro usado para pagar dívidas emergenciais e montar uma equipe forte. O retorno veio logo no segundo ano, com títulos e, consequentemente, muita grana. O ótimo desempenho em campo fez o Galo faturar em 2021 mais de R$ 225 milhões em prêmios, bilheteria e exposição na televisão.

Com o título da Copa do Brasil conquistado ontem (15) à noite, após vitória por 2 a 1 sobre o Athletico-PR, na Arena da Baixada, o Atlético embolsou mais R$ 56 milhões. A premiação total no torneio foi de R$ 71,1 milhões. Até a final, o Galo passou por Remo, Bahia, Fluminense e Fortaleza.

Mas não foi apenas a Copa do Brasil que rendeu um bom dinheiro para o clube, afinal o Atlético também venceu a competição mais importante do Brasil. O Galo foi o campeão brasileiro de 2021, quebrando o jejum de quase 50 anos. Somente pelo título nacional o clube mineiro recebeu R$ 33 milhões. A boa campanha no Brasileirão fez também com que o Atlético tivesse uma exposição maior na televisão.

Como mostrou Rodrigo Mattos, o Galo recebeu R$ 31,6 milhões a mais do que o valor fixo a que tem direito. Foram 14 partidas exibidas na Globo e outras 16 no canal pago SporTV.

O único torneio que o Atlético não venceu foi a Libertadores. O Alvinegro caiu invicto, na semifinal, após dois empates com o Palmeiras. A eliminação foi pelo critério do gol qualificado, já que os jogos ficaram 0 a 0, em São Paulo, e 1 a 1, no Mineirão. Apesar de terminar sem um título internacional, o fato de ficar entre os quatro melhores do continente rendeu cerca de R$ 43 milhões aos cofres atleticanos.

Com o time bem e brigando por títulos, a torcida não mediu esforços para lotar o Mineirão. Foram somente 14 jogos com público na temporada, mas o bastante para o Atlético fazer R$ 46,9 milhões com bilheteria.

É importante destacar que é o faturamento bruto. Portanto, os R$ 225 milhões não foram integralmente para a conta do Atlético. Há desconto com impostos e até mesmo com premiação paga aos atletas.

Atlético-MG