PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Paulista Feminino: São Paulo vence Corinthians e larga em vantagem na final

Maressa, volante do São Paulo, durante jogo contra o Corinthians pelo Paulistão feminino - VAN CAMPOS/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Maressa, volante do São Paulo, durante jogo contra o Corinthians pelo Paulistão feminino Imagem: VAN CAMPOS/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/12/2021 18h01

Jogando no Morumbi, o São Paulo largou em vantagem na final do Paulista Feminino contra o Corinthians. Com um gol de Micaelly, no começo da segunda etapa, a equipe da casa venceu o duelo na tarde de hoje (4).

O triunfo do tricolor também acaba com a invencibilidade do Corinthians no torneio. Somando as 11 partidas da primeira fase com as duas da semifinal, o clube havia conquistado 12 triunfos e empatado só uma vez até agora no torneio.

A partida de volta entre as equipes acontece nesta quarta-feira (8), às 21h, na Neo Química Arena. O Tricolor joga pela igualdade e o Alvinegro precisa ganhar por dois gols de diferença para ficar com o tri do Estadual. Caso o Corinthians vença por um gol de diferença, independentemente do placar, o campeão será conhecido na disputa de pênaltis.

Formiga e outras jogadoras da Seleção de fora

Depois de fazer sua despedida da seleção brasileira no último dia 25, Formiga era nome certo para iniciar a partida pelo Tricolor hoje. No entanto, a jogadora voltou lesionada para a irritação do clube paulista, que reclamou da CBF não ter avisado o clube desta contusão.

Outras atletas de ambas as equipes que estavam com a seleção brasileira iniciaram no banco por perderem os treinamentos na semana. Duda, no São Paulo, e Tamires, no Corinthians, entraram apenas na segunda etapa.

Quem foi bem: Glaucia

A camisa 9 do clube do Morumbi trabalhou muito bem, tanto incomodando as zagueiras na área como criando as principais jogadas. Com bons lançamentos, principalmente para o setor esquerdo, foi essencial para dar velocidade ao ataque tricolor. Saiu nos acréscimos da segunda etapa aplaudida pela torcida.

Quem foi mal: Yasmim

A lateral esquerda do Corinthians sofreu com o ritmo das pontas durante o jogo. Além de sofrer na defesa, também pouco colaborou com o ataque.

São Paulo bem armado

Em casa no Morumbi, o Tricolor conseguiu incomodar demais as adversárias. Apostando na velocidade pelos lados do campo, o São Paulo conseguiu construir lances de perigo principalmente no começo do confronto. A vantagem no placar não reduziu o ímpeto da equipe, que continuou superior.

Corinthians demora para se encontrar

Favorito na decisão, o time visitante parece ter entrado meio perdido no Morumbi. Com o passar do tempo e as orientações constantes do técnico Arthur Elias à beira do campo, a equipe subiu de produção e deixou o embate equilibrado do meio do primeiro tempo até o intervalo. No entanto, na volta do intervalo, voltou a ser pressionado pelo São Paulo.

Tricolor inicia pressionando

O time mandante controlou o primeiro tempo até os 30 minutos, quando a equipe do Parque São Jorge conseguiu equilibrar. Naná cruzou duas vezes na área para Jaque, mas na primeira ela não alcançou e na segunda bateu para fora.

Nos 15 minutos finais, o Alvinegro pressionou a saída de bola e conseguiu levar perigo ao gol defendido por Carla. A melhor oportunidade das visitantes veio com Vic, aos 33, em um chute forte que a arqueira espalmou para escanteio.

Festa no Morumbi

O Tricolor voltou melhor do vestiário e conseguiu abrir o placar com 10 minutos. Glaucia deu um lindo lançamento para Micaelly, que dominou já dentro da área. Mesmo com duas marcadoras, a atleta conseguiu trazer para o meio e chutar firme para o fundo da rede.

Com o placar desfavorável, o técnico Arthur Elias tentou encontrar respostas entre as reservas, porém o time da casa seguia melhor. Intenso durante toda a partida, o São Paulo pouco sofria na defesa e seguia buscando os espaços para ter jogadas em velocidade no ataque.

Gol anulado no fim

Aos 43 minutos, o Corinthians conseguiu balançar a rede no Morumbi, contudo o gol foi anulado em campo pela árbitra Daiane Muniz dos Santos. A goleira Carla foi agarrar a bola e acabou soltando, o que gerou uma confusão na área até Gabi Portilho mandar para o gol. Antes mesmo da jogadora começar a celebrar, a juíza anotou a falta na arqueira.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 1 x 0 CORINTHIANS
Data: 04/11/2021 (sábado);
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP);
Hora: 16h (de Brasília);
Árbitra: Daiane Muniz dos Santos (SP);
Auxiliares: Amanda Pinto Matias (SP) e Patrícia Carla de Oliveira (SP);
VAR: Edina Alves Batista (SP).

Gols Micaelly (10'/2ºT) para o São Paulo.

Cartões amarelos: Duda (SPA); Adriana (COR).

São Paulo: Carla; Giovana (Duda), Thais, Lauren e Dani; Maressa, Yaya, Naná e Micaelly (Lary Santos); Jaqueline e Glaucia (Gislaine). Técnico: Lucas Piccinato.

Corinthians: Kemelli; Katiuscia, Giovanna Campiolo, Poliana e Yasmim (Juliete); Diany (Andressinha), Gabi Zanotti, Gabi Portilho e Adriana (Jheniffer); Vic Albuquerque (Tamires) e Grazi (Miriã). Técnico: Arthur Elias.

Futebol