PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Palmeiras oficializa saída do goleiro Jailson

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/12/2021 18h23

O Palmeiras anunciou hoje a saída do goleiro Jailson. O clube se despediu do jogador em longo texto publicado em seu site oficial e agradeceu pelo "ciclo longo, intenso e vitorioso", que teve como última conquista a Copa Libertadores de 2021.

Jailson tinha contrato com o Palmeiras até o fim deste ano e não teve vinculo renovado "por decisão do clube". Hoje, o Alviverde também se despediu de Felipe Melo, que não teve seu contrato renovado.

O Palmeiras destacou a chegada de "Jailsão da Massa" durante a reconstrução do clube, em 2014, e apontou o goleiro como "peça fundamental" da campanha que culminou no título brasileiro de 2016. Na ocasião, Jailson substituiu o lesionado Fernando Prass, não perdeu nenhuma das 19 partidas que disputou e foi eleito melhor goleiro do torneio.

"O goleiro Jailson é a prova viva de que nunca é tarde para realizar seus sonhos. Contratado pelo Palmeiras em 2014, aos 33 anos de idade e em momento de reconstrução na história alviverde, marcou época no Maior Campeão do Brasil e se despede em dezembro de 2021, por decisão do clube, eternizado como o Jailsão da Massa da torcida que canta e vibra. Declaradamente torcedor palestrino, acumulou uma coleção invejável de títulos pelo clube do coração", listou o Palmeiras em texto publicado em seu site oficial.

"O jeito simples e brincalhão, inclusive, é característica comum aos dois arqueiros marcados para sempre na história palmeirense. Eternizados na Academia de Goleiros mais tradicional do Brasil", completou o clube.

Jailson deixa o Palmeiras com sete títulos na bagagem: Copa do Brasil (2015 e 2020), Campeonato Brasileiro (2016 e 2018), Copa Libertadores (2020 e 2021), Campeonato Paulista 2020.

Ao todo, o arqueiro disputou 104 jogos pelo Verdão, sendo 95 como titular. Jailson também é o segundo colocado no ranking de jogadores do Palmeiras com maior invencibilidade no Brasileirão, com 27 duelos, superando nomes como Ademir da Guia e Leão.

Palmeiras