PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fala, Maurão: Messi ganhar prêmio de melhor do mundo nunca é absurdo

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

30/11/2021 15h08

A polêmica envolvendo a sétima Bola de Ouro de Lionel Messi foi um dos temas abordados por Mauro Cezar Pereira no "Fala, Maurão" de hoje. Para o colunista do UOL Esporte, o fato de o argentino receber um prêmio de melhor do mundo nunca será algo absurdo no futebol.

"Talvez o questionamento possa ser reflexo do fato de o Barça não ter conquistado títulos importantes neste período, mas é um prêmio individual. É um prêmio de colégio eleitoral, sempre vai gerar controvérsia, é subjetivo...", analisa Mauro.

"Messi ganhar prêmio de melhor do mundo nunca é errado, nunca é absurdo, nunca é uma coisa sem sentido, porque ele é o melhor jogador do mundo, querendo ou não... Ainda é, e talvez continue por um tempo", acrescenta.

O jornalista ainda analisa o cenário atual do PSG e diz que o sistema sem Neymar, machucado, pode até favorecer e liberar Messi para se destacar mais no time francês. Mauro, porém, alerta: "Cada vez mais a tendência é o brilho do Messi diminuir, porque a idade chega".

Lionel Messi venceu, pela 7ª vez em sua carreira, o Bola de Ouro (Ballon d'Or), prêmio da revista France Football que elege o melhor jogador do mundo anualmente. O atacante, que trocou o Barcelona pelo PSG em agosto, superou adversários como o polonês Lewandowski (2° lugar) e brasileiro naturalizado italiano Jorginho (3° lugar) em uma eleição que contou com 180 jornalistas.

Futebol