PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Menon: "Calleri precisa melhorar muito para ser aquele de 2016"

Do UOL, em São Paulo

28/11/2021 04h00

Classificação e Jogos

Ídolo da torcida do São Paulo, Jonathan Calleri até tem feito alguns gols, como na vitória por 2 a 0 sobre o Sport neste sábado (27), pelo Brasileirão. Em geral, porém, as atuações do atacante têm chamado a atenção pela discrição em campo e pelos constantes erros cometidos pelo argentino.

Na Live do São Paulo, programa do UOL Esporte após os jogos do Tricolor, os jornalistas Bruno Grossi e Menon falaram sobre a fase atual de Calleri. Apesar dos quatro gols marcados desde seu retorno ao Morumbi, o argentino está longe do nível de sua primeira passagem pelo clube, como apontaram os comentaristas.

"O Calleri esteve muitas vezes fora da área, na ponta-direita, mal colocado em campo. Não sei se é por que a bola não chegava nele como centroavante e ele tentava fazer alguma coisa. Ele estava muito mal. Ele precisa melhorar muito para ser aquele Calleri de 2016", opinou Menon.

Grossi ressaltou que Calleri teve uma atuação ruim nos primeiros 45 minutos diante do Sport. "Falamos do Volpi e do Gabriel Sara decisivos para o lado bom, mas o São Paulo, enquanto jogou mal no primeiro tempo, teve Vitor Bueno e Calleri bem abaixo da média. O Vitor Bueno mais pela timidez em campo, e o Calleri porque estava errando muito. O torcedor foi para o intervalo bem preocupado", comentou.

Para Menon, outro jogador que destoou dos demais foi Vitor Bueno. "O jogador tem algumas chances, tem que entrar dando tudo e parece que falta alguma coisa. Falta essa fibra, essa entrega. Um jogador do estilo dele que estava no São Paulo era o Everton Felipe. E hoje [ontem] como ele jogou bem. Muito mais corajoso do que o Vitor Bueno", comparou o colunista do UOL.

Grossi usou alguns números para mostrar como Calleri não repete o bom nível de quando atuou pelo Tricolor em sua primeira passagem. "Ele encerrou um jejum de seis jogos. Não marcava um gol desde o clássico contra o Corinthians, quando fez o gol da vitória [por 1 a 0]. Chegou aos quatro gols no Brasileiro, e é o artilheiro do time junto com Gabriel Sara e Rigoni. São quatro gols em 13 jogos, uma média de um gol a cada três partidas. Na outra passagem, era um gol a cada dois jogos, basicamente. E tem jogado pior do que nessa primeira passagem, quando também deu algumas assistências", disse.

Além do posicionamento questionável de Calleri em algumas jogadas, Menon também contestou a presença de Vitor Bueno entre os titulares. "O Calleri ficou muitas vezes na ponta-direita, que não é a posição dele. Não sei o que estava fazendo ali. Ele recebia a bola e cruzava muito mal. O Vitor Bueno é inacreditável. Não vi nada nele no primeiro tempo. Não entendi o que o Rogério Ceni quer tanto com Vitor Bueno", concluiu.

Não perca! A próxima edição da Live do São Paulo será na quinta-feira (2), logo após a partida contra o Grêmio pelo Brasileirão. Você pode acompanhar o programa pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do São Paulo no UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no Youtube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol