PUBLICIDADE
Topo

Libertadores - 2021

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

RMP: 'Acho que o Abel Ferreira vai tirar um coelho da cartola para a final'

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

26/11/2021 17h22

Classificação e Jogos

Palmeiras e Flamengo se encaram amanhã (27), em Montevidéu, no Uruguai, na final da Libertadores. Os clubes são os campeões mais recentes — o Rubro-Negro levou em 2019 e o Verdão em 2020 — e lutam pelo tri da competição.

Na Live UOL Esporte Especial, transmitida pelo UOL Esporte na véspera da decisão, os colunistas Danilo Lavieri, Alicia Klein, Renato Maurício Prado e André Rocha fizeram uma prévia do duelo.

Os jornalistas começaram o debate colocando à mesa as possíveis escalações de Palmeiras e Flamengo para a final, e o quanto as escolhas dos técnicos vai impactar no confronto.

"Sei o time que você quer, Renato (risos), e o time que você provavelmente não terá, que é aquele time, como diz você, faceiro, aberto, com o Scarpa titular. Acho que ele vai de Felipe Melo. Então, o seu sonho, ao menos no apito inicial, não vai se realizar. Acho que o Palmeiras vai mais fechadinho, com o Felipe Melo no Scarpa, com Zé Rafael no meio, Rony e Dudu na ponta. Acho que, fora isso, é aquele Palmeiras que já estamos acostumados. Não vejo o porquê o Palmeiras mudar o que deu certo contra o Atlético-MG. Não foi, necessariamente, uma coisa agradável de se ver, aquele futebol vistoso, mas funcionou. Acho que ele faz bem de, ao menos, começar o jogo contra o Flamengo mais fechadinho", disse Alicia Klein

Renato Maurício Prado, então, perguntou a André Rocha o que ele achava sobre essa possível escalação do Verdão em relação ao estilo de jogo do Flamengo.

"Se o Abel Ferreira tem algum mérito é exatamente esse, de não sabermos o que esperar, até independentemente da escalação. Felipe Melo pode ser volante, mas pode ser terceiro zagueiro. O Palmeiras pode, mesmo com formação fechada, adiantar a marcação e pressionar, como fez na Supercopa do Brasil. A tendência é ser um jogo mais fechado, porque temos como referência os dois jogos com o Atlético-MG, mas ali eram dois jogos. Agora, é jogo único", apontou André Rocha.

"Em relação ao Flamengo, essa formação fechada vai depender do tempo. Se o tempo passar, o Palmeiras pode complicar o Flamengo. Mas se o Palmeiras entrar fechado demais e o Flamengo conseguir fazer um gol, muda tudo. O Flamengo não tem muita surpresa em relação à formação e proposta. O Palmeiras é que pode surpreender", completou.

Após a fala de André, Renato Maurício Prado perguntou a Danilo Lavieri sobre a possibilidade de Gustavo Gómez atuar pela direita, uma vez que Marcos Rocha está suspenso, e afirmou:

"Você acredita que o Abel pode fazer uma novidade dessa em uma final? O Abel costuma ser surpreendente. Eu, sinceramente, acho que ele vai tirar um coelho da cartola. O que acha, Danilo?".

Lavieri, por sua vez, não acredita que Abel Ferreira opte por algo novo no setor.

"Acho que ele vai ficar com o Mayke. As indicações que o Abel deu é de que preferia não improvisar para essa função de lateral-direito. O que dá para termos certeza é que ele passou a escalar o Gómez no lado direito da defesa, e isso significa que ele vai reforçar a marcação na direita. O que imagino que pode acontecer é que, quando o Palmeiras estiver construindo a jogada, o Gómez pode abrir pela direita, Luan na esquerda e Felipe Melo no meio".

Ele acrescentou ainda que, apesar de o treinador do Verdão desenhar esquemas para cada jogo, não vê chance de uma mudança muito drástica.

"Acho que também tem essa expectativa do coelho da cartola, Abel já mostrou que desenha estratégias específicas para os jogos, mas eu não consigo ver ele mudando muito o que nos acostumamos a ver nos últimos jogos, para um jogo único (...)".

Renato Maurício Prado, porém, reforçou que imagina que o treinador português possa implementar uma surpresa.

"Pois é, rapaz. Mas estou convencido de que ele vai tirar algum coelho da cartola. Porque, olha só, ele não ganhou nenhuma vez do Flamengo ainda. Ele tem perdido todos os confrontos com o Flamengo, inclusive contra times mesclados. Não sei o que será, mas acho pouco provável que ele volte a enfrentar o Flamengo da maneira como tem enfrentado, porque tem perdido. Do lado do Flamengo, tudo indica que o Arrascaeta vá jogar mesmo"

"E aí, vai começar o famoso time, vamos assim dizer, o dream team. Ele só não é o dream team total porque vários jogadores importantes do Flamengo não estão 100% fisicamente. Arrascaeta, obviamente, não está. Rodrigo Caio é outro, Filipe Luis. O time do Flamengo é melhor, mas em termos físicos e táticos, vejo o Palmeiras com vantagem", completou.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL