PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira feminina

Formiga recebe flores de Marta e se emociona em despedida da seleção

Formiga se despede da seleção brasileira - Reprodução
Formiga se despede da seleção brasileira Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

26/11/2021 00h25

A volante Formiga recebeu merecidas homenagens após a vitória por 6 a 1 do Brasil contra a Índia, na Arena Amazônia, em Manaus. O jogadora de 43 anos foi presenteada com flores por Marta e se emocionou no adeus à seleção.

Após a partida, Formiga agradeceu o carinho dos torcedores, jogadoras e comissão técnica antes de acrescentar que continuará contribuindo para o desenvolvimento do futebol feminino.

"Agradeço a todos pelo carinho. Obrigado a todos que se empenharam bastante para que hoje isso acontecesse. Quem ganha com isso é o futebol feminino, com vocês, aqui, prestigiando a nossa seleção. E que continue dessa forma. Vou continuar contribuindo porque sei que muitas dessas garotas têm um sonho", disse Formiga.

"Tive o privilégio de jogar com a melhor jogadora do mundo [Marta]. Obrigado, nossa Rainha. Obrigado, minha mãe, sou grata à senhora por tudo. A senhora me deu a oportunidade de estar aqui hoje. Obrigado, Brasil. Obrigado, Manaus. Não esqueçam, comprometimento com trabalho sério", acrescentou.

Na sequência, em entrevista ao SporTV, Formiga comemorou a presença da mãe, Dona Celeste, que pela primeira vez assistiu a um jogo da filha no estádio.

"Tenho nem palavras. Pra mim, foi um dos maiores presentes ter minha mãe aqui nesse momento. Quantas vezes sonhei com esse momento e ele chegou. Foi uma noite perfeita. A única coisa que eu desejo é que minha mãe tenha anos e anos e possa me acompanhar agora fora das quatro linhas. Ela sabe que o meu desejo é continuar ajudando essas meninas, que passam por dificuldades no Brasil, precisam de estrutura", destacou.

Em noite repleta de homenagens, Formiga, a dona da festa, começou no banco. Foram pouco mais de 20 minutos com a volante em campo, que entrou aos 31 do segundo tempo para escrever a última página de uma bonita e importante história com a camisa do Brasil. Debinha, Giovana, Ary Borges (2), Kerolin e Geyse marcaram os gols da vitória, e Manisha Kalyan descontou para a seleção indiana.

Formiga se despede como a atleta —entre homens e mulheres— que mais vezes defendeu a seleção brasileira, com 234 jogos. Foram 37 gols, três títulos pan-americanos (2003, 2007 e 2015), duas medalhas olímpicas (2004 e 2008) e o vice na Copa do Mundo de 2007, na China.

Seleção Brasileira feminina