PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira feminina

Na despedida de Formiga, Brasil domina e goleia a Índia por 6 a 1 em Manaus

Formiga antes de entrar em campo em sua despedida da seleção brasileira no duelo contra a Índia pelo Torneio Internacional de Futebol Feminino em Manaus. 25/11/2021 - Lucas Figueiredo/CBF
Formiga antes de entrar em campo em sua despedida da seleção brasileira no duelo contra a Índia pelo Torneio Internacional de Futebol Feminino em Manaus. 25/11/2021 Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Do UOL, em São Paulo

25/11/2021 23h56

Após 234 partidas, sete Olimpíadas e sete Copas do Mundo, a história de Formiga com a seleção brasileira chegou ao fim. A jogadora de 43 anos fez o seu jogo de despedida com a camisa canarinho na goleada por 6 a 1 contra a Índia, na noite de hoje, na Arena Amazônia, em Manaus. O jogo foi válido pelo Torneio Internacional de Futebol Feminino.

Em noite repleta de homenagens, Formiga, a dona da festa, começou no banco. Foram pouco mais de 20 minutos com a volante em campo, que entrou aos 31 do segundo tempo para escrever a última página de uma bonita e importante história com a camisa do Brasil. Debinha, Giovana, Ary Borges (2), Kerolin e Geyse marcaram os gols da vitória, e Manisha Kalyan descontou para a seleção indiana.

Formiga se despede como a atleta —entre homens e mulheres— que mais vezes defendeu a seleção brasileira. Foram 37 gols, três títulos pan-americanos (2003, 2007 e 2015), duas medalhas olímpicas (2004 e 2008) e o vice na Copa do Mundo de 2007, na China.

Agora sem Formiga, o Brasil volta a campo mais duas vezes pelo Torneio Internacional de Manaus: domingo (28), contra Venezuela, e quarta-feira (1º de dezembro), contra o Chile.

Brasil faz gol relâmpago, mas leva resposta

A partida não poderia ter começado melhor para a seleção brasileira. Logo no primeiro ataque, com menos de um minuto, Debinha recebeu lançamento, invadiu a área e marcação e finalizou duas vezes para inaugurar o placar.

Foi o início de uma goleada já esperada, mas não sem uma surpresa. Pouco depois de abrir o placar, o Brasil levou a resposta da Índia. Aos oito minutos Manisha Kalyan avançou com liberdade pela esquerda e bateu forte para igualar. A seleção só retomou a vantagem aos 36 minutos do primeiro tempo, quando Giovana aproveitou cruzamento e anotou o segundo do time comandado por Pia Sundhage.

ary - Paulo Binda/MyPhoto Press/Gazeta Press - Paulo Binda/MyPhoto Press/Gazeta Press
Ary Borges anotou dois gols na vitória do Brasil contra a Índia, na Arena Amazônia
Imagem: Paulo Binda/MyPhoto Press/Gazeta Press

Seleção deslancha e constrói goleada

O segundo tempo trouxe o que mais se esperava do Brasil na noite de hoje: gols. Foram quatro bolas na redes para a seleção depois da volta do intervalo. E, assim como na primeira etapa, a conta começou cedo. Aos seis, Ary Borges contou com uma falha da goleira Chauan para marcar o terceiro, e Kerolin, aos oito, soltou um forte chute de fora da área para anotar o quarto. Geyse, aos 30, e novamente Ary Borges, aos 35, ampliaram a goleada diante de uma Índia esforçada, mas bastante vulnerável.

formiga - Thaís Magalhães/CBF - Thaís Magalhães/CBF
Formiga com a mãe no vestiário antes do jogo de seu jogo despedida da seleção brasileira no duelo contra a Índia pelo Torneio Internacional de Futebol Feminino, em Manaus (AM).
Imagem: Thaís Magalhães/CBF

E a Formiga?

Demorou, mas Formiga entrou em campo para o jogo que marcou a sua despedida. Aos 31 minutos do segundo tempo, a veterana entrou no lugar de Debinha e recebeu o carinho de pouco mais de três mil pessoas presentes na Arena Amazônia.

Posicionada mais no campo ofensivo, Formiga contribuiu para o quinto gol da seleção logo em sua primeira participação. Ela recebeu passe dentro da área e, após finalização, viu Ary Borges aproveitar o rebote para marcar.

Após o apito final, a camisa 8 recebeu o abraço das outras jogadoras de seleção e os aplausos do público. Marta compareceu ao estádio e parabenizou a companheira.

formiga - Reprodução - Reprodução
Formiga se despede da seleção brasileira
Imagem: Reprodução

Seleção Brasileira feminina