PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Seleção brasileira: veja convocados para jogos contra Colômbia e Argentina

Do UOL, em São Paulo

29/10/2021 11h07Atualizada em 29/10/2021 12h12

Classificação e Jogos

O técnico Tite convocou, na manhã de hoje (29), a seleção brasileira para os últimos jogos do ano, contra Colômbia e Argentina, válidos pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa de 2022. Os destaques ficam para os nomes de Matheus Cunha e Philippe Coutinho na lista. Vinicius Júnior, por outro lado, ficou fora.

As partidas acontecem nos próximo dias 11 e 16 de novembro. O primeiro compromisso é contra a Colômbia, na Neo Química Arena, às 21h30 (de Brasília). Cinco dias depois, o Brasil vai a San Juan enfrentar a Argentina - a partida começa às 20h30, também no horário de Brasília.

Veja a lista de convocados:

  • Goleiros: Alisson, Ederson e Gabriel Chapecó
  • Laterais: Danilo, Emerson, Alex Sandro e Renan Lodi
  • Zagueiros: Eder Militão, Lucas Veríssimo, Marquinhos e Thiago Silva
  • Meio-campistas: Casemiro, Fabinho, Fred, Gerson, Lucas Paquetá e Philippe Coutinho
  • Atacantes: Antony, Firmino, Gabriel Jesus, Matheus Cunha, Neymar e Raphinha

A seleção de Tite lidera com tranquilidade o torneio continental com 31 pontos e está invicta até o momento. A Argentina vem logo atrás, com 25. A Colômbia, por outro lado, ocupa a 4ª colocação e ainda corre risco de ficar fora da próxima Copa do Mundo. O Brasil pode garantir a classificação para o Mundial ainda neste ano.

Dos 23 convocados, só um atua no Brasil: o goleiro Gabriel Chapecó, do Grêmio, chamado pela primeira vez para a seleção. A ausência de outros jogadores do país é explicada por um acordo costurado entre a CBF e os clubes do país em meio à reta final do Brasileirão. Chapecó não é titular do Grêmio, mas é monitorado ao lado de outros jovens da posição pelos preparadores de goleiros Taffarel e Marquinhos Trocourt.

Além de Chapecó, uma novidade na lista é Philippe Coutinho, que não era convocado para a seleção há um ano. Richarlison, que ainda não atingiu a plenitude física depois de 40 dias fora por lesão, não foi chamado.

Seleção Brasileira