PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ronaldo revela reunião com a Fifa e aprova Copa de dois em dois anos

Ronaldo comemora gol marcado na Copa do Mundo de 2002 - Pressefoto Ulmer\ullstein bild via Getty Images
Ronaldo comemora gol marcado na Copa do Mundo de 2002 Imagem: Pressefoto Ulmer\ullstein bild via Getty Images

Colaboração para o UOL

09/09/2021 15h16

O debate sobre mudar o intervalo entre Copas do Mundo, de quatro para dois anos, acaba de ganhar mais um apoiador: Ronaldo Fenômeno. Autor de 15 gols em Copas, o pentacampeão participou de uma reunião com a Fifa para tratar o tema e se mostrou favorável à alteração no calendário.

O Projeto da Fifa para jogar a Copa do Mundo a cada dois anos vem sendo debatido pelos dirigentes da entidade mandatária do futebol há algum tempo e nos últimos meses avançou em reuniões e congressos. O ex-camisa 9 da seleção brasileira participou de um desses encontros e, em post no Instagram hoje, aparece um entusiasta da ideia polêmica, que divide opiniões de jogadores, treinadores, dirigentes e jornalistas por todo o mundo.

Ronaldo, que atualmente é presidente do Real Valladolid, da Espanha, compareceu a uma reunião com a Fifa no Catar, sede da próxima Copa do Mundo, junto com outros ex-atletas e dirigentes do futebol mundial.

Registrando o encontro em seu Instagram, Ronaldo afirmou que ter a Copa do Mundo de dois em dois anos seria 'uma grande oportunidade' e apoia a mudança no calendário das seleções. "Nesta semana, no Catar, trocamos ideias com a Fifa a respeito do calendário de partidas internacionais. O formato atual tem quase 100 anos e uma @fifaworldcup a cada dois anos seria uma grande oportunidade para evoluirmos", escreveu na legenda da publicação

Na primeira imagem, um clique de Ronaldo ao lado do presidente da Fifa, Gianni Infantino. Na segunda foto, é possível ver outros ex-jogadores e campeões mundiais reunidos, que também participaram da conversa com a entidade. Entre eles, o pentacampeão Roberto Carlos, os alemães Sami Khedira e Oliver Kahn e o lendário treinador Arsène Wenger.

Ronaldo participou de quatro Copas do Mundo com a seleção brasileira, sendo artilheiro da competição na campanha do penta em 2002, com oito gols. Em 1998 foram quatro tentos e em 2006 mais três. O Fenômeno, ainda Ronaldinho à época, esteve no grupo que conquistou o tetra nos Estados Unidos em 1994, mas não chegou a entrar em campo.

Futebol