PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Corinthians: camisa histórica do lateral Wladimir vira NFT e será leiloada

Wladimir foi homenageado pelo Corinthians  - José Manoel Idalgo/ Corinthians
Wladimir foi homenageado pelo Corinthians Imagem: José Manoel Idalgo/ Corinthians

Yago Rudá

Do UOL, em São Paulo

30/08/2021 04h00

Classificação e Jogos

O lateral Wladimir, jogador que mais vezes defendeu o Corinthians em toda a história (806 partidas), terá sua camisa utilizada na final do Campeonato Paulista de 1979 eternizada em um NFT. Em parceria com a NFMarket Agency, o ídolo do Timão fará um leilão do produto: os lances começam em R$ 1 mil e o pregão permanecerá no ar por sete dias.

O NFT (non-fungible tokens ou tokens não-fungíveis em língua portuguesa) é uma tecnologia que dá autenticidade a produtos digitais que possuem caráter único e exclusivo. No caso, o arquivo 3D da camisa utilizada por Wladimir será leiloado aos interessados. Como brinde, o torcedor que arrematar o item também levará para casa a camisa física, autografada pelo elenco daquela temporada, inclusive por Sócrates.

"A tokenização de grandes artistas e atletas acontece no mundo todo. O Wladimir é um dos maiores jogadores da história do Corinthians, um jogador que faz parte da história. A camisa está toda assinada, inclusive pelo Sócrates. Não é qualquer camisa do Corinthians", explica Thiago Valadares, sócio-diretor da NFMarket e responsável pelo projeto.

Como a camisa de Wladimir foi utilizado em jogo, em uma final de campeonato e ainda está assinada por outros atletas da equipe campeã de 1979, o item possui um grande valor afetivo aos corintianos. No mercado comum, a camisa seria avaliada em R$ 20 mil. É justamente por essas características que o uniforme pôde ser enquadrado como um NFT. Cada vez mais, a tecnologia vai ganhando espaço no mundo, tendo movimentado mais de R$ 1 trilhão e passa a ser uma realidade.

No evento de lançamento do leilão da camisa utilizada por Wladimir, o ex-volante Vampeta fará uma live em sua conta no Instagram para divulgar o projeto. Nas próximas semanas, outros nomes do esporte brasileiro terão seus nomes e suas obras vinculados a NFTs.

Corinthians