PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Pior ataque da Série A: interino evita falar sobre falta de gols do Sport

Bruno Fernandes

Colaboração para o UOL, em Maceió (AL)

28/08/2021 20h09

O técnico interino Ricardo Severo, do Sport, evitou falar sobre a má fase da equipe que está sem vencer há quatro jogos e apresenta o pior ataque da Série A do Brasileirão, com apenas oito gols marcados até agora durante coletiva à imprensa hoje (28) após o empate com a Chapecoense .

O 0 a 0 entre as equipes na partida válida pela 18ª rodada, na Ilha do Retiro, fez os times perderem a chance de pensar em sair da zona de rebaixamento. Com o resultado, o Leão soma 16 pontos e vai passar mais uma rodada no Z4. A Chape, com 7 pontos, continua na lanterna do campeonato.

Questionado sobre a dificuldade do Sport em marcar gols no campeonato, Ricardo Severo concentrou suas respostas apenas no jogo de hoje. Apesar disso, afirmou que "se o gol saísse mais facilmente não teríamos tantos placares menos elásticos".

Para Severo, que entregou o comando ao novo técnico da equipe, o paraguaio Gustavo Florentín, logo após o fim do jogo, embora tenha nomes de peso no elenco —como Thiago Neves, Hernanes e André—, o grande trunfo para a continuidade da temporada é a base da equipe rubro-negra.

"Acreditamos em uma base muito forte. Tivemos um processo de recolocação de alguns atletas e acredito que vamos ter bons frutos ainda. Algumas coisas a médio e longo prazo, mas acredito que a curto prazo também, temos atletas com condições de compor o elenco. O Gustavo vai poder contar com alguns atletas sim", afirmou.

Gustavo Florentín desembarcou durante a tarde no Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife, e apesar de já estar em solo pernambucano, acompanhou a partida deste sábado contra a Chapecoense da arquibancada.

Na próxima rodada, que encerra o primeiro turno do Brasileirão, o Sport encara o Athletico-PR em horário e local ainda a serem definidos pela Confederação Brasileira de Futebol.

Futebol