PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sport e Chapecoense empatam e afundam na zona de rebaixamento

Bruno Fernandes

Colaboração para o UOL, em Maceió (AL)

28/08/2021 18h55

Classificação e Jogos

Sport e Chapecoense desperdiçaram a chance de pensar em sair da zona de rebaixamento e empataram em 0 a 0 na noite de hoje (28), na Ilha do Retiro, em Recife, em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Leão, agora com 16 pontos, vai passar mais uma rodada no Z4. A Chape, com 7 pontos, continua na lanterna do campeonato.

Na próxima rodada, o Sport encara o Athletico-PR em horário e local ainda a serem definidos pela Confederação Brasileira de Futebol. A Chapecoense, por outro lado, encara o Fluminense, na Arena Condá, na terça-feira (7), às 21h30.

Equipes sem técnicos em campo

O Leão da Ilha foi comandado pelo técnico interino Ricardo Severo. O paraguaio Gustavo Florentín, contratado na quinta-feira (26), para comandar o time, desembarcou no começo da tarde em Pernambuco e acompanhou o jogo da arquibancada. Pelo lado da Chapecoense, o técnico Pintado, suspenso após a expulsão contra o Atlético-GO, não pôde entrar em campo e a equipe foi comandada pelo auxiliar Dino Camargo.

Florentín - Rafael Vieira/AGIF - Rafael Vieira/AGIF
O novo técnico do Sport Gustavo Florentín acompanhou à partida contra a Chapecoense na Ilha do Retiro
Imagem: Rafael Vieira/AGIF

Jogadas previsíveis

Sport teve a maior posse de bola durante todo o primeiro tempo e buscou ataques pelo lado esquerdo, mas não conseguia fazer a bola girar e terminar suas investidas no outro lado do campo, o que deixou as jogadas previsíveis com pouco tempo de jogo. A Chape, por outro lado, apostava nas roubadas durante as saídas do goleiro Mailson para tentar abrir o placar ou através de contra-ataques com Bruno Silva, pela ponta esquerda.

Melhor chance do primeiro tempo

Os times pouco tiveram chances reais de abrir o marcador durante o primeiro tempo. A única boa oportunidade foi do Sport, com Hernanes, aos 13 minutos, mandando na área, e Pedro Henrique tocando de cabeça para quase marcar. O goleiro Keiller segurou e a bola ainda ficou no bate e rebate com Cristiano, sentado no gramado, mas, no fim, a bola não entrou.

Bruno Silva faz linha defensiva

A equipe do Sport sabendo que a Chape tem o pior desempenho da competição e apresentando dificuldades em conter investidas pelo lado esquerdo, atacou mais por essa região. Assim, obrigou Bruno Silva, jogador mais participativo do sistema ofensivo, a fazer algumas vezes a primeira linha defensiva da equipe de Chapecó.

Sport - Rafael Vieira/AGIF - Rafael Vieira/AGIF
Thiago Neves divide com Alan Santos durante partida entre Sport e Chapecoense pelo Brasileirão
Imagem: Rafael Vieira/AGIF

Segunda etapa é reflexo da primeira

A segunda etapa não foi tão diferente da primeira, e o Sport continuou dominando as jogadas mesmo com os técnicos de ambas as equipes realizando mudanças no meio de campo e no ataque. O Leão manteve suas jogadas de ataque, mas agora alternando entre direita e esquerda, enquanto a Chape não conseguia acertar uma boa sequência de passes para abrir o marcador.

Destaque negativo para Pedro Henrique

Pedro Henrique não pareceu estar com a cabeça no jogo e errou quase todos os passes que tentou para os companheiros. O péssimo momento foi notado pelo técnico rival, Dino Camargo, que orientou a equipe da Chapecoense a forçar os ataques em direção ao defensor apostando em seus erros para tentar abrir o placar.

Chances no final

Mesmo com um a mais em campo na reta final do jogo, a Chapecoense não conseguiu dominar o Sport. Pelo contrário, o adversário manteve a posse de bola e pressionava a equipe de Chapecó até o último minuto, principalmente com jogadas cruzadas rasteiras com Hayner. Os visitantes apostaram em Geuvânio subindo e correndo pela esquerda, mas sem sucesso.

FICHA TÉCNICA:

SPORT 0 x 0 CHAPECOENSE

Motivo: 18ª rodada do Campeonato Brasileiro - Série A
Local: Ilha do Retiro, Recife (PE)
Data e hora: 28/08/2021 (domingo), às 17h00 (horário de Brasília)
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (AB/GO)
Auxiliares: Cristhian Passos Sorence (AB/GO) e Edson Antonio de Sousa (AB/GO)
Cartões amarelos: 2x Thiago Neves (SPO)
Cartões vermelhos: Thiago Neves (SPO)
Gols: não teve

Sport: Mailson, Hayner, Sabino, Pedro Henrique, Sander, Zé Welison, Hernandes (Everton Felipe), Thiago Neves, Gustavo, Cristiano (Leandro Barcia) e Mikael. Técnico: Ricardo Severo.

Chapecoense: Keiller, Joilson (Kadu), Jordan, Busanello, Matheus Ribeiro, Léo Gomes (Geuvânio), Alan Santos (Moisés Ribeiro), Denner, Mike, Anselmo Ramon (Fabinho) e Bruno Silva (Perotti). Técnico: Dino Camargo.

Futebol