PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Fluminense efetiva Marcão como técnico após saída de Roger Machado

Solução caseira, Marcão é o "novo" técnico do Fluminense após a saída de Roger Machado - Mailson Santana/Fluminense FC
Solução caseira, Marcão é o "novo" técnico do Fluminense após a saída de Roger Machado Imagem: Mailson Santana/Fluminense FC

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

21/08/2021 15h15

Classificação e Jogos

O Fluminense decidiu por uma solução caseira após demitir Roger Machado. Auxiliar permanente, Marcão assumirá a equipe. Desta vez, não de maneira interina, mas em definitivo. O ídolo tricolor foi bem nas chances que teve em 2019 e 2020, e foi o nome de consenso da cúpula do futebol.

A diretoria apostou no conhecimento que Marcão já tem do elenco. Respeitado e admirado pelas lideranças do elenco e também por funcionários e diretoria, o treinador mais uma vez é acionado pelo presidente Mário Bittencourt e o diretor Paulo Angioni após rupturas em trabalhos anteriores.

O UOL Esporte apurou que Marcão foi chamado ao CT Carlos Castilho neste sábado por volta do meio dia para se reunir com Mário, Angioni e outros membros do departamento de futebol. Sempre se dizendo um "soldado do clube", o técnico se sente preparado para o novo desafio, repetindo discursos de 2019 e 2020.

Referência nas Laranjeiras, por onde disputou 397 jogos — 11º da história do Flu —, o técnico é torcedor declarado do Fluminense e possui forte identificação com o clube. Ao fim de 2020, após ótima campanha, Marcão preferiu seguir membro da comissão permanente, e o Tricolor contratou Roger Machado, a quem substituirá.

Em 38 jogos à frente da equipe em três passagens, o ex-volante tem 53,5% de aproveitamento. São 16 vitórias, 13 empates e nove derrotas. A última, após a saída de Odair Hellmann, foi a melhor de todas elas, com 59,5% dos pontos conquistados em 14 jogos, o suficiente para classificar o Tricolor diretamente à fase de grupos da Libertadores.

Fluminense