PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Inter volta ao mercado atrás de um atacante para fechar grupo de atletas

Diego Aguirre espera receber mais um jogador de ataque para fechar elenco do Inter - Ricardo Duarte/SC Internacional
Diego Aguirre espera receber mais um jogador de ataque para fechar elenco do Inter Imagem: Ricardo Duarte/SC Internacional

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

02/08/2021 04h00

Ao longo dessa semana, o Inter irá proceder a inscrição de Gabriel Mercado. O defensor, porém, não será o último reforço para o time de Diego Aguirre. Atrás de recuperação, o Colorado ainda busca mais um atacante para fechar o elenco.

Trata-se de um jogador que possa atuar pelos lados e que tenha velocidade e poder de conclusão. As extremas do campo ofensivo são consideradas carentes desde o início da temporada. Hoje, a utilização de Mauricio, que é originalmente meia, pela esquerda, e Yuri Alberto, que é centroavante, pela direita, só comprovam a falta de alternativas.

Carlos Palacios chegou do futebol chileno mas ainda não conseguiu se firmar. Sem marcar um gol sequer, ele alterna titularidade e reserva distante do brilho que motivou a chegada. Caio Vidal é outra opção utilizada eventualmente, junto a Patrick que vinha de uma boa temporada passada mas caiu de rendimento.

Na avaliação interna do clube, falta um "atacante de lado". Ou seja, que seja mais próximo de um jogador de frente do que os disponíveis, mas que também consiga contribuir taticamente no controle do rival.

Para investir no mercado da bola, porém, há uma necessidade básica: dinheiro. Enfrentando uma grave crise financeira, o time gaúcho não poderá gastar quantia alta para atender suas carências. Desta forma, irá manter a procura por opções que demandem custo menor e longe de disputas com outras equipes. A aposta segue sendo na criatividade.

Como informou o UOL Esporte, o Inter estava disposto a gastar até um milhão de euros (R$ 6,1 milhões na cotação atual) para fechar com Paulinho, do Boavista-POR, que foi para o Al-Shabab, da Arábia Saudita. O valor que poderá ser gasto no atacante em questão ficará perto disso.

Dificilmente a cifra crescerá. Com Edenilson já distante do radar saudita, a entrada de verba imediata tende a ficar comprometida. Assim, restará ao Colorado achar o último alvo e firmar o acordo.

O ataque do Inter, de fato, não vem bem. Com apenas dois gols marcados nos últimos sete compromissos, balançar a rede rival virou obrigação, antes mesmo de uma nova alternativa para fazer isso.

Internacional