PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Palmeiras libera Viña para "quarentena" e aguarda instituição financeira

Matías Viña disputa lance no jogo entre Palmeiras e Universitario na Libertadores - Andre Penner - Pool/Getty Images
Matías Viña disputa lance no jogo entre Palmeiras e Universitario na Libertadores Imagem: Andre Penner - Pool/Getty Images

Diego Iwata Lima

Do UOL, em São Paulo

25/07/2021 12h16

O Palmeiras liberou o lateral-esquerdo Matías Viña para viajar para a Itália e iniciar uma quarentena obrigatória por causa da pandemia do coronavírus. O uruguaio está muito próximo de ser anunciado como novo reforço da Roma (ITA), mas o Verdão aguarda o acerto com a instituição financeira indicada pela equipe italiana, que opera a negociação, para dar como certa a venda.

O UOL Esporte ouviu de pessoas ligadas ao negócio que Roma e Palmeiras acertam detalhes burocráticos do pagamento de pouco mais de 11 milhões de euros (R$ 67 milhões). Os italianos indicaram uma instituição financeira e os clubes buscam entendimento para que o negócio seja fechado.

Internamente, o Verdão trata com cautela o negócio e aguarda o desfecho, mas liberou o atleta por causa da situação da covid-19.

"Há uma negociação em andamento com a Roma. Por boa fé e compreensão de que é preciso o cumprimento de uma quarentena para que o Viña possa trabalhar normalmente, o Palmeiras liberou o atleta para viajar e iniciar esse processo. Entretanto, o clube deixa claro que a negociação não está concluída, e somente estará assim que todo processo esteja finalizado", explicou Anderson Barros, executivo de futebol do clube, em nota.

Palmeiras