PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Xodó da torcida vira solução para posição em crise no Grêmio

Guilherme Guedes, lateral esquerdo do Grêmio, durante Recopa Gaúcha - Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Guilherme Guedes, lateral esquerdo do Grêmio, durante Recopa Gaúcha Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

24/07/2021 04h00

Classificação e Jogos

Depois de tanto ouvir os anseios da torcida, Luiz Felipe Scolari finalmente vai ceder. Guilherme Guedes será titular da lateral esquerda do Grêmio no duelo de hoje (24) com o América-MG, na Arena. O jovem de 22 anos entrará encarregado de provar que aqueles que pedem sua titularidade estão corretos, e de quebra encerrar a crise no flanco canhoto.

Não faltam opções. Diogo Barbosa e Cortez são jogadores mais experientes e receberam várias oportunidades para firmar uma titularidade por ali. O que não tem ocorrido é uma sequência de boas partidas.

Diogo tem perfil mais ofensivo, porém nem mesmo no ataque está contribuindo como antes. Sua taxa de participação em lances efetivos caiu bastante e os defeitos na marcação seguiram presentes, gerando instabilidades e a saída do time.

Cortez é um atleta que defende melhor e usa seu vigor físico para combater a falta de refino técnico. No entanto, também não tem conseguido se firmar e recuperar as melhores atuações que já teve vestindo azul, branco e preto.

Nesta lacuna, Guedes surgiu. Recuperado de uma série de quadros clínicos, ele terá oportunidade de espantar o "fantasma" da ala esquerda. Desta vez suportado por três zagueiros, no 3-5-2 montado por Scolari, terá liberdade para chegar ao ataque e participar efetivamente de criações em parceria com Jean Pyerre e os volantes.

Mas a falta de ritmo deve ser empecilho. Ele atuou em apenas uma partida nesta temporada, no mês passado, contra o Santa Cruz-RS, pela Recopa Gaúcha. O Tricolor usou equipe suplente.

Ao todo Guilherme soma apenas 11 partidas na equipe principal. Foram quatro em 2018, seis em 2020 e uma neste ano.

O Tricolor valoriza demais o confronto com América-MG. Em penúltimo, depois de conquistar a primeira vitória no Brasileirão contra o Fluminense, bater o rival mineiro pode simbolizar um passo adiante na retomada do ambiente positivo. E ainda —mais importante por ora— colocar a equipe mais perto de deixar a zona de rebaixamento.

O duelo está marcado para as 17 (de Brasília), na Arena.

Grêmio