PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras quer negociar Viña em menos prestações e define Jorge como alvo

Jorge, lateral esquerdo do Monaco, é uma opção de repatriação para clubes brasileiros - John MacDougall/AFP
Jorge, lateral esquerdo do Monaco, é uma opção de repatriação para clubes brasileiros Imagem: John MacDougall/AFP

Bruno Andrade e Diego Iwata Lima

Do UOL

20/07/2021 16h34

O Palmeiras está perto de perder um lateral-esquerdo e contratar outro. A saída de Matías Viña, mais do que questão de tempo, é uma questão de parcelamento. O Palmeiras está satisfeito com valores e com o montante que lhe cabe, mas quer que a Roma pague em um número menor de parcelas os 11 milhões de Euros (R$ 67,8 mi), dos quais o Alviverde tem direito a 57,5% — R$ 39 mi. Receber à vista seria o ideal, mas isso não é visto como hipótese viável.

Ideal também é a contratação de Jorge, 25, ex-Santos e Flamengo, atualmente no Monaco (FRA). O Palmeiras trabalha com as possibilidades de contratá-lo por empréstimo ou em definitivo, e não descarta qualquer dos formatos de negociação. Segundo o UOL apurou, a ideia dos franceses é apenas emprestar o jogador.

O Palmeiras entende que Jorge tem capacidade de entregar bom rendimento com base no que ele já fez no passado, muito embora pondere e saiba que ele passou por uma complicada cirurgia no joelho esquerdo em dezembro último, quando atuava emprestado ao Basel (SUI).

Jorge fez apenas cinco partidas pelo clube da Basileia. A última, quando ele rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo, aconteceu em 16 de dezembro de 2020. Jorge já vem treinando com bola desde maio, mas ainda não jogou depois de passar pela operação. Na Suíça, deu uma assistência apenas, antes de se machucar.

Futebol