PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Torcedores afixam faixas contra presidente do Cruzeiro: "vaza, renuncie"

Torcedores afixam faixas por Belo Horizonte pedindo que o presidente do Cruzeiro renuncie - Reprodução
Torcedores afixam faixas por Belo Horizonte pedindo que o presidente do Cruzeiro renuncie Imagem: Reprodução

Do UOL, em Belo Horizonte

14/07/2021 10h14

Classificação e Jogos

O clima entre torcedores do Cruzeiro e o presidente Sérgio Santos Rodrigues não é nada ameno, tanto que o mandatário do clube tem sido alvo constante de protestos. O último deles na madrugada de hoje (14) com a afixação de faixas que foram espalhadas pelas ruas de Belo Horizonte com frases contrárias ao dirigente. O conteúdo das mensagens pedia, dentre outras coisas, que Rodrigues renunciasse à presidência da agremiação azul.

"SSR [Sérgio Santos Rodrigues] o Cruzeiro não é seu. Renuncie!"

Em outra faixa os manifestantes ressaltaram que o Cruzeiro em "50 rodadas" nunca chegou ao G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Estatística que o UOL Esporte apontou nas últimas semanas. A Raposa já disputou até aqui, contando jogos de 2020 e 2021, 49 partidas na Divisão de Acesso do futebol nacional e a melhor posição foi o décimo lugar no ano passado.

"50 rodadas e nunca esteve no G4. Sérgio você é um lixo", dispararam os torcedores em uma das inúmeras faixas espalhadas pela capital mineira.

Apesar das manifestações contrárias ao presidente, o conteúdo das faixas mostrava apoio ao técnico Mozart e aos jogadores. "Jogadores e comissão técnica, estamos fechados com vocês. Fora SSR".

Alvo principal da torcida

Nas últimas semanas o presidente do Cruzeiro tem sido alvo de manifestações de torcedores. Fragmentos de áudios com conversas gravadas em reuniões, com falas do dirigente para membros de torcidas ou grupos de influenciadores, vazaram na internet.

Em uma das respostas dadas por Sérgio Rodrigues, o presidente chegou a falar em "tiros". "A Fernanda [esposa do presidente] é preocupada, acha que vai gente lá em casa. Podem vir, os tiros vão ser de cima pra baixo, não tem problema algum", ameaçou o presidente na conversa.

E isso também foi motivo de citação nas faixas contrárias ao presidente: "SSR, você com uma arma na mão é um bicho feroz", dizia outra faixa exposta pelas ruas de Belo Horizonte.

Os torcedores também ironizaram o fato de o presidente ter citado a palavra "amor" quando justificou os salários atrasados dos funcionários do clube, que há quase um ano convivem com a falta de pagamento no dia correto. O clube foi até punido pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).

"Vai sair na dor ou no amor, Sérgio? Fora SSR"

Nova polêmica

Ontem (13) uma nova polêmica foi criada após mais um vazamento de áudios com falas do presidente. Nas gravações, Sérgio Santos Rodrigues criticou o zagueiro Léo, que deixou o Cruzeiro em maio, e disse que o atacante Guilherme Bissoli, jovem jogador emprestado pelo Athletico-PR, era melhor que o experiente centroavante boliviano Marcelo Moreno.

Sérgio Santos Rodrigues ainda não se manifestou oficialmente sobre o episódio das faixas, mais um capítulo do embate "presidente x torcedores" do Cruzeiro.

Cruzeiro