PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Tite faz experiências, mas esconde time; Brasil pode ter Gabigol e Neymar

Atacantes se abraçam em jogo da seleção brasileira contra Venezuela, na estreia da Copa América - Buda Mendes/Getty Images
Atacantes se abraçam em jogo da seleção brasileira contra Venezuela, na estreia da Copa América Imagem: Buda Mendes/Getty Images

Danilo Lavieri e Gabriel Carneiro

Do UOL, no Rio de Janeiro

16/06/2021 17h01Atualizada em 16/06/2021 19h13

Classificação e Jogos

O treinamento de hoje (16) na Granja Comary não mostrou a escalação da seleção brasileira que enfrenta o Peru amanhã, às 21h, no estádio Nilton Santos, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa América. Tite permitiu a transmissão de apenas 15 minutos da atividade na CBF TV e foi possível observar experiências na formação do meio-campo e do ataque.

A dúvida do treinador parece ser entre Fred e Everton Ribeiro, o que muda toda a configuração do setor criativo, que deve ter Neymar como um meia central. No ataque, são grandes as chances de escalação do trio Gabriel Jesus, Éverton Cebolinha e Gabigol, numa formação ofensiva. Hoje, os atacantes titulares enfrentaram os defensores titulares num trabalho técnico em espaço reduzido.

Na última coletiva de imprensa antes do jogo, o comandante e Cleber Xavier, seu auxiliar, preferiram não abrir qual será a escalação e deixaram só Ederson como confirmado. Para Tite, abrir os 11 atletas agora seria facilitar o trabalho de Ricardo Gareca, que já conhece a seleção de outros duelos.

"O Gareca nos enfrentou muitas vezes. Talvez ele esteja há mais tempo na seleção do que nós mesmos. Ele tem domínio muito grande. E falar que você vai usar um atleta ou outro dá oportunidade a ele de saber a característica. Dito isso, não vou dar escalação", afirmou o técnico. "A equipe está definida, os atletas treinaram e eles sabem. Só não coloquei isso publicamente", completou.

No treino de ontem, que também teve só 15 minutos transmitidos, as impressões foram as mesmas, mas o time estava formado com 11 jogadores de linha e tinha Fred e Everton Ribeiro juntos. Já hoje, ambos revezaram na função de curinga, que é um atleta extra que serve aos dois times do treinamento auxiliando quem tem a posse de bola no momento.

O provável time titular para enfrentar o Peru, com base nos últimos testes e movimentações, é o seguinte: Ederson; Danilo, Éder Militão, Thiago Silva e Alex Sandro; Fabinho, Everton Ribeiro (Fred) e Neymar; Gabriel Jesus, Éverton Cebolinha e Gabigol. São seis ou sete mudanças em relação ao time que bateu a Venezuela na estreia da Copa América, dando sequência ao rodízio que Tite prometeu fazer na competição.

Assim, quem deixa o time são Alisson, Marquinhos, Renan Lodi, Casemiro, Lucas Paquetá, Richarlison e possivelmente Fred.

Depois da exibição de partes de um treinamento técnico em espaço reduzido, Tite não permitiu a transmissão do complemento tático programado para a tarde na Granja Comary. O elenco deixa Teresópolis às 20h30 e se hospeda no Rio de Janeiro até momentos antes do jogo contra o Peru.

Seleção Brasileira