PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Abel vê Fred como "ídolo máximo" do Flu e revela papo com Nenê por pênalti

Abel celebra gol do Fluminense sobre o Red Bull Bragantino, pelo Brasileiro - Mailson Santana / Fluminense FC
Abel celebra gol do Fluminense sobre o Red Bull Bragantino, pelo Brasileiro Imagem: Mailson Santana / Fluminense FC

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

16/06/2021 14h41

Reforço para a temporada, o atacante uruguaio Abel Hernández se adaptou rapidamente ao Fluminense e caiu nas graças da torcida. Porém, apesar do bom desempenho, o camisa 32 reconhece que a briga por vaga no time titular é complicada. Atualmente, o time de Roger Machado tem Fred, ídolo do clube, como referência no ataque.

Abel chegou às Laranjeiras em abril, em meio a um pacotão de novos nomes visando a disputa da Libertadores. Até aqui, foram seis gols, sendo o mais recente no último domingo, que garantiu o empate do Flu com o Red Bull Bragantino, pelo Campeonato Brasileiro.

"Claro que todo jogador quer ser titular, mas, neste momento, tenho à frente o ídolo máximo da instituição, que está fazendo muitos gols e sendo importante para a gente. Fred fez muitos gols em toda a carreira, mais de 400. Não é fácil para nenhum profissional fazer tantos gols. Para mim, pessoalmente, é seguir o trabalho e tentar, a cada momento que entrar em campo, seja como titular ou reserva, dar o máximo e mostrar que também quero ser titular. É estar preparado para o momento que for jogar", disse.

No duelo diante do Red Bull Bragantino, o gol de Abel saiu em cobrança de pênalti, já nos minutos finais da partida. Logo que o árbitro marcou a penalidade, Roger Machado pediu que o uruguaio cobrasse. Ele, por sua vez, revela que, antes da indicação do treinador, perguntou a Nenê se ele queria bater.

"Quando aconteceu o pênalti, perguntei ao Nenê se ele queria cobrar porque, antes, quando o Nenê estava em campo, era ele um dos principais cobradores. Mas, naquele momento, o Roger decidiu que era eu quem deveria bater. Então, fui com confiança e converti. Foi uma decisão do treinador", indicou.

Fluminense