PUBLICIDADE
Topo

Santos

Dúvida na zaga e possível ajuste no meio-campo: a semana de Diniz no Santos

Fernando Diniz em treino pelo Santos FC no CT Rei Pelé - Ivan Storti
Fernando Diniz em treino pelo Santos FC no CT Rei Pelé Imagem: Ivan Storti

Gabriela Brino

Colaboração para UOL, em Santos

14/06/2021 04h00

Classificação e Jogos

O técnico Fernando Diniz terá algumas dores de cabeça no Santos durante essa semana com as baixas do time titular. A zaga, por exemplo, já terá ausência certa de Luan Peres, que cumprirá suspensão diante do Fluminense, na quinta-feira (17), pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

Luiz Felipe também pode desfalcar o Peixe. O camisa 2 sentiu um desconforto na coxa no final de semana, no empate em 0 a 0 com o Juventude, e passará por avaliação no departamento médico hoje (14). Caso seja poupado por Diniz, o treinador terá que reinventar a defesa. Danilo Boza e Kaiky são as prováveis opções, porém, ele também pode optar por Alison improvisado no setor — como ele fez na segunda etapa contra o time do Rio Grande do Sul.

Com as dúvidas, é possível que o meio-campo Alvinegro também tenha alguns ajustes. Diniz se mostra insatisfeito com o desempenho dos jogadores há algum tempo. Alison, além de pendurado, não tem dado retorno positivo, enquanto Gabriel Pirani não tem repetido as boas atuações que desempenhou quando surgiu como novidade por ali.

Devido a isso, Vinicius Zanocelo pode ter sua estreia como titular diante dos cariocas. O jovem de 20 anos está na reta final do processo de recondicionamento físico e deve ficar à disposição de Fernando Diniz, quem pediu sua contratação à diretoria. Ele passou por cirurgia dentária e extração dos sisos e, consequentemente, perdeu seis quilos — que já foram recuperados.

Uma dor de cabeça "boa" para Diniz será o ataque, com o retorno de Lucas Braga, recuperado de uma lesão na coxa. Na ausência do atacante, o comandante santista utilizou Marcos Guilherme e o aprovou na posição. Antes de desfalcar o Peixe, porém, Braga era titular absoluto ao lado de Marinho e Kaio Jorge.

Braga era visto como um dos principais destaques do time. Além de frequentemente acionado, o atacante era um dos responsáveis pela criação, dava opções no ataque e marcou cinco gols em 19 jogos nesta temporada. A expectativa é que ele retorne entre os titulares, mas Diniz também citou a possibilidade de Braga e Marcos Guilherme jogarem juntos.

Santos