PUBLICIDADE
Topo

Santos

Chefe do Departamento de Análise do Santos pede demissão e deixa o clube

Andres Rueda, novo presidente do Santos, em reunião online - Ivan Storti/ Santos FC
Andres Rueda, novo presidente do Santos, em reunião online Imagem: Ivan Storti/ Santos FC

Eder Traskini

Do UOL, em Santos (SP)

21/05/2021 13h17

Everson Rocha, Head Scout ou chefe do departamento de análise do Santos, pediu demissão e deixa o Peixe. O dirigente chegou ao clube no fim de 2019 por indicação da dupla Paulo Autuori e William Thomas. Ambos já deixaram o Santos e voltaram ao Athletico-PR, que deve ser o destino também de Rocha, segundo apurou o UOL Esporte.

O Santos acatou o pedido do Head Scout que afirmou ter outras propostas e um projeto pessoal. Everson Rocha era responsável por definir os alvos do Peixe no mercado da bola. Pessoas do clube ouvidas pela reportagem afirmam que nada tem a reclamar do trabalho de Rocha e que a decisão foi única e exclusivamente do Head Scout.

Rocha teve pouco tempo na chefia do departamento antes do Peixe ser proibido pela Fifa de realizar contratações. Sob sua gestão, o Santos trouxe o atacante Raniel em troca por Vitor Bueno, o lateral Madson em troca por Victor Ferraz e, depois, acertou com o zagueiro Laércio a pedido do técnico Cuca.

Livre da punição da Fifa desde a negociação de Soteldo com o Toronto FC, que disputa a MLS (EUA), o Santos buscava soluções inteligentes no mercado para reforçar o elenco mesmo diante da grave crise financeira vivida. O presidente Andrés Rueda já revelou que prioriza contratações por empréstimo. Até o momento, o Peixe não anunciou nenhum reforço.

Santos